Por Pe. Helder José Em Artigos

Maria: Mãe, Rainha e Servidora

9º Dia da Novena Solene - Foto: Thiago Leon

E chegamos ao final de mais uma temporada de Bênção da Noite! Neste domingo, encerrando a Novena em Louvor a Mãe Aparecida refletimos sobre “Maria: Mãe, Rainha e Servidora”. Maria quer recordar que o amor é o mais profundo e significativo sentimento do cristão, e que o amor se expressa no serviço. Ela nos mostra, com seu exemplo, que a Igreja é e quer ser servidora dos homens. É fácil falar de amor e de caridade, mas torna-se difícil vivê-los, porque amar significa servir, e servir exige renunciar a si mesmo. Se não fosse assim, estaríamos no paraíso, já que todos os homens e todos os cristãos estão de acordo em cantar as belezas do amor. Entretanto, continuam havendo guerras, injustiças sociais, perseguições políticas.

É porque amar custa, porque servir custa. É porque o pecado original nos inclina a buscar sempre o próprio interesse, a querer dominar e estar no centro. Mas, o que é servir? Jesus mesmo explica: servir é dar sua vida pelos outros, é entregar-se aos demais. Servir é dar-se a si mesmo, entregando ao outro nossa preocupação e nosso tempo, nosso amor. Serve a mulher que passa, tarde da noite, a camisa que seu marido necessita; ou que fica a noite junto ao filho enfermo.

Serve quem apaga a televisão durante a telenovela para receber o vizinho e escutar seus problemas. Serve quem renuncia a umas horas de descanso para ir passear com os filhos, para participar de uma reunião no trabalho.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Pe. Helder José, em Artigos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.