A12

O balde furado

Enviar por e-mail

Preencha todos os campos adequadamente.

Enviando...

Ocorreu um erro no envio:

-

Preencha todos os campos adequadamente.

Enviando...

Ocorreu um erro no envio:

Havia, certa vez, um homem que todos os dias ia buscar água no rio, pois não havia água em sua casa. Ele levava dois baldes.

Acontece que um dos baldes era furado, e só chegava com a metade da água.Este balde ficava triste, sentia-se inferiorizado e até envergonhado diante do seu colega que não era furado.

Um dia, na beira do rio, ele falou para o seu dono: “Eu estou com vergonha do senhor. Não sou capaz de carregar a água toda até a nossa casa, como o meu colega faz!”

O homem lhe disse: “Agora, ao passarmos pela estrada, observe e verá que ela está toda florida. Vendo que você é assim, espalhei sementes de flores na beira da estrada e, com a água que sai de você, as sementes germinaram e cresceram. Se não fosse esta sua limitação, a nossa estrada seria mais feia e triste!”

Todos nós somos úteis, e temos uma missão a cumprir na terra, até o último dia da nossa vida, mesmo que estejamos numa cama.

Fonte: O balde furado

Comentários (0)



Carregando Comentários
0 caracteres