Por André Somensari Em Notícias Atualizada em 29 OUT 2018 - 10H57

Guia elenca atrativos do Santuário Nacional e cidade de Aparecida


Reprodução/Editora Santuário
Reprodução/Editora Santuário

A Editora Santuário acaba de lançar, em parceria com o Santuário Nacional, o guia de bolso “Santuário Nacional e cidade de Aparecida”, uma publicação que auxiliará os devotos que vierem visitar a Padroeira do Brasil.

O livreto de 44 páginas que conta a história da devoção à Nossa Senhora Aparecida retrata detalhadamente cada ponto de visitação do Santuário. Contém ainda uma tabela com os dias e horários de funcionamento de cada atrativo e mapas ilustrados do Santuário Nacional e da cidade de Aparecida. Ele é essencial para os devotos que vêm ao Santuário Nacional e querem conhecer tudo o que a Casa da Mãe Aparecida e a cidade têm a oferecer.

Leia Mais Pontos Turísticos em Aparecida10 pontos turísticos do Santuário Nacional que você precisa conhecerPontos Turísticos: Saiba o que fazer na cidade da Mãe Aparecida“A ideia para a produção desse livro surgiu quando notamos que estava faltando para os romeiros um material que pudesse ajudá-los a organizar e aproveitar melhor sua visita ao Santuário e à cidade de Aparecida”, afirma padre Fábio Evaristo Resende Silva, C.Ss.R., diretor editorial da Editora Santuário.

O missionário redentorista relata a importância do guia de visitação para o devoto melhor contemplar as artes sacras e os espaços sagrados do Santuário: “Esse guia também tem por finalidade instruir e orientar o peregrino para que possa compreender a mensagem evangelizadora presente nos espaços sagrados e nas artes sacras do Santuário Nacional”, disse.

Entre os locais elencados no guia, destacam-se: o Nicho, onde está a Imagem da Mãe Aparecida; o Altar Central, com sua Cruz; o Baldaquino e a Cúpula Central; a Sala das Promessas; o Museu Nossa Senhora Aparecida; o Morro do Presépio; as Capelas; os monumentos, entre outros. E também destacam-se os que estão fora do Santuário Nacional: Porto Itaguaçu (local onde foi encontrada a Imagem de Aparecida, em 1717); Basílica Velha; Morro do Cruzeiro; Memorial Redentorista, entre outros.

Padre Fábio nos conta também sobre a parceria com o Santuário Nacional na produção do guia:

“Este foi um trabalho feito a quatro mãos: não seria possível produzirmos esse livro sem a colaboração do Santuário Nacional e das pessoas que estão imersas na realidade de Aparecida. O resultado foi um material de grande relevância no acolhimento dos romeiros, contribuindo para uma digna apresentação e divulgação de tudo que Aparecida oferece a seus visitantes”.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por André Somensari , em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.