A12

Evangelho em Libras | 6º Domingo da Páscoa – Ano A

Enviar por e-mail

Preencha todos os campos adequadamente.

Enviando...

Ocorreu um erro no envio:

-

Preencha todos os campos adequadamente.

Enviando...

Ocorreu um erro no envio:

Reflexão: Pe. Marcelo Magalhães - C.Ss.R

Intérprete: Magali de Castro Faria

6º Domingo da Páscoa – Ano A

Evangelho Deus Conosco dia a dia – Editora Santuário
(Jo 14,15-21)

Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: se me amais, guardareis os meus mandamentos, e eu rogarei ao pai, e ele vos dará um outro defensor, para que permaneça sempre convosco: o espírito da verdade, que o mundo não é capaz de receber, porque não o vê nem o conhece. Vós o conheceis, porque ele permanece junto de vós e estará dentro de vós. Não vos deixarei órfãos. Eu virei a vós. Pouco tempo ainda, e o mundo não mais me verá, mas vós me vereis, porque eu vivo e vós vivereis. Naquele dia sabereis que eu estou no meu pai e vós em mim e eu em vós.
Quem acolheu os meus mandamentos e os observa, esse me ama. Ora, quem me ama será amado por meu pai, e eu o amarei e me manifestarei a ele.

- Palavra da Salvação.
- Glória vós Senhor!

Reflexão
A liturgia deste sexto domingo da páscoa nos prepara para as duas solenidades que se aproximam: Ascensão do senhor e pentecostes. A primeira marca a ida definitiva de Jesus para junto do pai, e a segunda, o envio do Espírito Santo que guiará os discípulos na missão, tornando-os verdadeiros discípulos missionários, pois na força do espírito os discípulos estariam prontos para dar razão às suas esperanças.
Preparando seus discípulos para o momento da despedia, que será uma ausência repleta de presença, Jesus fala do espírito que virá para mostrar que ele permanece no coração dos que nele acreditam. E para que os discípulos não se sintam sós na missão, Jesus promete o espírito que os animará a continuarem amando como ele amou. É importante ao coração do discípulo manter a chama do amor de cristo, pois só quem ama verdadeiramente será capaz de guardar no coração tudo o que do Cristo aprendeu e de ser fiel aos seus ensinamentos.
Vemos assim que Jesus vai ensinando ao coração dos seus discípulos que sua ida para o pai não é uma perda, mas sim a maneira de seus discípulos serem agora a presença dele no mundo. Pois todos que por amor guardarem suas palavras, terá o espírito santo, o defensor, o protetor, o encorajador para continuar a missão. Só existe verdade no amor, por isso o espírito da verdade será conhecido por quem amar e colocar em prática os ensinamentos de Jesus.
Assim, Jesus, neste sexto domingo da páscoa, nos consola, nos conforta e nos encoraja para a missão. Não nos sentiremos abandonados, sozinhos ou órfãos. Ele estará conosco através do Espírito Santo, vivendo e sendo revivido em casa gesto de amor, de solidariedade e de compromisso com o reino que ele anunciou e pelo qual entregou a vida. Assim, como seus discípulos, continuaremos revelando o rosto de Jesus ao mundo, amando-nos como ele pediu que nos amássemos. Pois na vivência do amor, que o espírito nos capacita, o teremos conosco para sempre e a missão será permanente.

:: Salmos em sua Essência | Ano A - 6º Domingo da Páscoa - Salmo 65


Comentários (0)



Carregando Comentários
0 caracteres