A12

Evangelho em Libras: 7º Domingo do Tempo Comum – Ano A

Enviar por e-mail

Preencha todos os campos adequadamente.

Enviando...

Ocorreu um erro no envio:

-

Preencha todos os campos adequadamente.

Enviando...

Ocorreu um erro no envio:

Reflexão: Pe. Marcelo Magalhães - C.Ss.R
Intérprete: Simone Vecchio

Editora Santuário
Deus Conosco

(Mt 5, 38-48)

Jesus dizia aos discípulos: Ouvistes que foi dito: ‘Olho por olho e dente por dente’. Mas eu vos digo: Não deveis resistir aos maus. Ao contrário, se alguém te bater na face direita, oferece-lhe também a esquerda. Se alguém quer processar-te para te tomar a túnica, deixa-lhe também o manto. Se alguém te forçar a caminhar com ele mil passos, caminha dois mil com ele.

Dá a quem te pede alguma coisa, e a quem te pede emprestado não vires as costas. Vós sabeis que foi dito: ‘Amarás teu próximo e odiarás teu inimigo’. Mas eu vos digo: Amai vossos inimigos e rezai pelos que vos perseguem, para que sejais filhos de vosso Pai celeste que faz nascer o sol para os maus e os bons e faz cair a chuva sobre os justos e os injustos.

De fato, se amais os que vos amam, que merecimento tereis? Os publicanos não fazem isso também? E se saudais só vossos irmãos, que fazeis de extraordinário? Os pagãos não fazem isso também? Sede, portanto, perfeitos como vosso Pai celeste”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor!

REFLEXÃO

Hoje somos convidados a continuar a refletindo sobre a nossa pertença a Cristo. Reunimo-nos na casa de Deus, mas o verdadeiro templo onde ele habita somos todos e cada um em particular, à medida que criamos, entre nós e ao redor de nós, relações de fraternidade e de amor.

Somos marcados por uma sociedade violenta e injusta, que prevalece o olho por olho e o dente por dente. É nesse contexto que o amor é chamado a reinar e se manifestar. Como cristãos batizados devemos exercer o mandamento maior do amor, fazer com que realmente ele tenha sentido em nosso cotidiano. É preciso que nossa justiça seja maior que há dos doutores da lei como nos convida a rezar o Evangelho de hoje. Não podemos cair na rotina e na dinâmica excludente e seletiva do mundo que vivemos.

O apelo de Jesus é para que sejamos filhos da luz, mensageiros do amor! Perdoar não é tarefa tão simples, mas tem poder de ressurreição. Assim, também quando amamos desinteressadamente quem temos maior dificuldade. Doar sem querer nada em troca é reflexo do que Cristo fez pela humanidade, ele se esvaziou de si mesmo para nossa salvação. Ele nos mostra o caminho e o que devemos fazer com suas práticas e ensinamentos.
Que a liturgia de hoje nos aproxime de Cristo Jesus, do seu amor, do seu jeito de ser e amar. Que possamos na força de sua palavra renovar em nós o compromisso de sermos verdadeiros discípulos e missionários.



Comentários (0)



Carregando Comentários
0 caracteres