A12

Evangelho em Libras: Solenidade da Epifania do Senhor - Ano A

Enviar por e-mail

Preencha todos os campos adequadamente.

Enviando...

Ocorreu um erro no envio:

-

Preencha todos os campos adequadamente.

Enviando...

Ocorreu um erro no envio:

Reflexão: Pe. Marcelo Magalhães - C.Ss.R
Interprete: Simone Vecchio


Deus Conosco - Editora Santuário

(Mt 2, 1-12)


Jesus nasceu em Belém da Judeia, no tempo do rei Herodes. Então chegaram a Jerusalém alguns Magos do Oriente e perguntaram: “Onde está o rei dos judeus que acaba de nascer? Vimos sua estrela no Oriente e viemos adorá-lo”.


Quando ouviu isso, o rei Herodes ficou atordoado e, com ele, toda Jerusalém. Reuniu todos os sumos sacerdotes e os escribas do povo para perguntar-lhes onde é que nasceria o Cristo. A resposta deles foi: “Em Belém da Judeia, porque assim escreveu o profeta: ‘E tu, Belém, terra de Judá, não és de modo algum a menor entre as principais cidades de Judá, pois de ti sairá um chefe que vai governar Israel, meu povo’”.

Herodes chamou então os Magos em segredo e pediu-lhes que dissessem com exatidão quando foi que aparecera a estrela. Enviou-os depois a Belém, dizendo: “Ide informar-vos exatamente sobre o menino; e quando o tiverdes encontrado, avisai-me, para que eu também vá adorá-lo”. Depois de ouvir essas palavras do rei, os Magos partiram. E a estrela que viram no Oriente ia caminhando à frente deles, até que parou sobre o lugar onde estava o menino. Ao verem a estrela, sentiram uma alegria muito grande.

Eles entraram na casa e viram o menino com Maria, sua mãe. E caindo de joelhos o adoraram. Abriram seus cofres e lhe deram de presente ouro, incenso e mirra. Foram avisados num sonho para não voltarem a Herodes; por isso retornaram por outro caminho para sua terra.


— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor!

Reflexão

JESUS É MANIFESTAÇÃO DA LUZ E DO AMOR DE DEUS!

Celebramos hoje a Epifania do Senhor. Epifania significa a manifestação de Deus a todos os povos. Por isso, a liturgia de hoje nos convida e perceber como Deus se manifesta entre nós, e a acolher os sinais do seu amor manifestado em nossa vida.
No Evangelho, Mateus coloca a manifestação de Jesus como luz, num tempo de trevas e dificuldades na vida do povo. Nascer no tempo do rei Herodes significava nascer num tempo de muita escuridão. Porém, mesmo com forças contrárias, a luz da Estrela que mostra o Menino Deus não é ofuscada, seu brilho chega a todos os cantos da terra, e todos os povos são convidados para ir adorar o Senhor. Perto do palácio de Herodes a estrela deixa de brilhar.

O menino Deus não está na luxuosidade do Palácio de Herodes, mas sim na simplicidade da gruta de Belém. Por isso, ao se afastar do Palácio de Herodes a estrela volta a brilhar, e os magos encontram o lugar onde o menino de estava. Eles se ajoelham diante do Menino e oferecem como presentes o que de melhor possuíam (ouro, incenso e mirra). O ouro representa a realeza de Jesus. O incenso representa sua divindade. A mirra mostra que esse rei divino dará a vida pela vida do povo, pois a mirra era usada para embalsamar os corpos na ocasião da morte. Por isso, quando Deus se manifesta em nossa vida nós assumimos um caminho diferente, fazemos Dele o nosso caminho. E ao se manifestar em nossa vida, nós devemos nos tornar a manifestação do amor Dele para a vida de todas as pessoas.



Comentários (0)



Carregando Comentários
0 caracteres