Por Beatriz Nery Em Notícias

Analista explica terceira greve geral na Argentina

Shutterstock
Shutterstock

Os argentinos protestam pela terceira vez em mais uma greve geral contra as políticas econômicas do presidente Mauricio Macri. Os principais sindicatos do país aderiram ao manifesto e foram convocados pela manifestação geral do trabalho.

Serviços básicos no país já estão comprometidos e voos do Brasil para a Argentina foram cancelados em aeroportos de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Recife, Porto Alegre, Belo Horizonte e Brasília.

O analista internacional José Aparecido Rollon aponta as principais consequências sociais e políticas da greve e como ela afeta o Brasil. “Sempre que há uma situação conflituosa e delicada na Argentina há uma preocupação de que isso tenha de algum modo, um impacto no Brasil à medida que ambos mantem trocas comerciais de importação e exportação muito altas entre si”.

Ouça reportagem completa sobre greve e impressão do especialista:

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Beatriz Nery, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.