Por Beatriz Nery Em Notícias

Campanha Junho Vermelho mobiliza a população a doar sangue

shutterstock
shutterstock

“A doação de sangue é um gesto de cidadania”, afirma a criadora do movimento “Eu Dou Sangue” e responsável pela campanha Junho Vermelho, Debi Aronis. Seu engajamento na causa teve início em 2011 quando seu pai precisou de transfusões de sangue e se viu diante de uma situação que nunca havia passado antes.

A partir daí junto da irmã, criou ações de conscientização pelo estado de São Paulo que ganharam proporções nacionais. “Dessa forma apostamos nos meses coloridos e criamos o Junho Vermelho, no desejo de que as pessoas incluam a doação de sangue em seu dia a dia”. A campanha é brasileira, diferentemente das demais, e o objetivo é que se estenda mundialmente.

:: Conheça os benefícios deste ato de solidariedade

Em entrevista ao O Assunto é Você na Programação Musical, Debi conta mais sobre o projeto, os requisitos para ser doador e como estão os bancos de sangue no país após a greve dos caminhoneiros. Ouça:

Para conhecer mais sobre o movimento, clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Beatriz Nery, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.