Por Rádio Aparecida Em Notícias Atualizada em 16 OUT 2018 - 16H00

Outubro Rosa: prevenção e conscientização há 28 anos

Shutterstock
Shutterstock

Segundo dados do INCA, Instituto Nacional de Câncer, cerca de 14.400 pessoas, entre homens e mulheres, já foram vítimas e morreram em decorrência do câncer de mama, cuja estimativa é de quase 60 mil novos casos.

Para ajudar na conscientização, foi criado na década de 90 o movimento Outubro Rosa, para estimular a participação da sociedade a respeito do controle do câncer de mama. Este ano, a campanha do INCA traz como tema “Câncer de mama: vamos falar sobre isso?”, com o objetivo de fortalecer as recomendações do Ministério da Saúde para a identificação e diagnóstico precoce.

Mesmo tendo se passado 28 anos da criação da iniciativa, ainda há duvidas. A Rádio Aparecida convidou a Dra. Débora Gagliato, oncologista e integrante do Comitê Cientifico do Instituto “Vencer o Câncer”, que responde:

O que é o câncer de mama e suas principais causas?

É alteração em uma célula do tecido mamário que adquire, na sua grande maioria, uma mutação e passa a se desenvolver descontroladamente. Ao invés da célula que adquire uma mutação ser inibida e acontecer a morte celular, por algum motivo ela consegue se proliferar e formar o complexo que chamamos de nódulo. É adquirida na própria divisão de células da mama da paciente, mas em torno de 5% a 10% dos casos, a mulher que adquire um câncer de mama herda a mutação do seu pai ou da sua mãe, o que chamamos de câncer hereditário.

O cisto mamário pode se transformar em câncer?

O cisto nunca vai se transformar em câncer. É importante que esse diagnóstico no exame de imagem (uma mamografia ou ultrassom de mama) seja bem caracterizada. O cisto, se realmente for uma lesão cística, não tem possibilidade de evolução pra um tumor de mama.

Quais os sintomas do câncer de mama?

Em geral, quando o nódulo é pequeno, não é sentido e palpável pela mulher. Por isso a importância da mamografia ser feita todo ano. Um dos sintomas é se, durante o autoexame, a mulher sentir um nódulo mais endurecido na mama. Outros sintomas não são necessariamente do nódulo: a forma da mama muda, a pele da mama fica avermelhada como se estivesse inflamada e pode sair secreção pelo mamilo. Toda alteração deve ser contada ao médico ginecologista, mastologista ou um oncologista clinico.

Qual a razão do aumento do câncer de mama nas mulheres mais jovens?

Tem mudado o padrão da incidência do câncer de mama e isso vem muito do comportamento da mulher. As mulheres que demorarem ou não tiverem filhos são consideradas um fator de risco, assim como a obesidade e o uso exagerado de bebidas alcoólicas. A recomendação é estar no peso certo, fazer exercícios físicos e evitar consumo de bebida alcoólica.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rádio Aparecida, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.