Por Redação A12 Em Espiritualidade

Nossa Senhora da Penha no Brasil

A comemoração de Nossa Senhora da Penha é mais um exemplo de como a devoção mariana está presente no Brasil desde os seus primórdios. Mostra que a fé que chegou ao nosso país, lançou raízes nessas terras e faz parte daquilo que somos como povo, faz parte da nossa identidade. Maria é nossa mãe e ela nos conduz sempre a um encontro mais profundo com seu filho Jesus. Se na Espanha ela escolheu estar em uma serra, no alto, como um farol que ilumina o caminho, aqui no Brasil ela continua a sinalizar, nas diversas Igrejas a ela dedicada, que o único caminho é o seu Filho.

Essa devoção começou com um monge francês chamado Simão. Ele sonhou que uma imagem de Nossa Senhora estava enterrada no alto de uma montanha e se esforçou durante algum tempo em procura-la. Sem sucesso a princípio, ele foi avisado que essa imagem estava em um monte chamado “Penha de França”, que ficava na Espanha. Indo até o local, avisado por uma visão, encontrou a imagem enterrada e ergueu ali uma pequena capela. Assim como aconteceu com Nossa Senhora Aparecida, o local ficou famoso pelos milagres que ali aconteciam. Essa devoção passou para Portugal quando esse país pediu a intercessão de Nossa Senhora da Penha para combater uma grande epidemia que assolou a Espanha e começara a assolar Portugal.

A primeira capela em sua honra parece ter sido construída em Vila Velha, entre 1558 e 1570. Atualmente existem muitas Igrejas dedicadas a essa devoção, incluindo um santuário no Rio de Janeiro que fica também no alto de uma pequena montanha, a vista de todos que chegam a cidade. É muito interessante pensar todo o trajeto que essa devoção percorreu para estar presente em todos os seus lugares atuais. Podemos realmente perceber que Maria, ajudada por seus missionários, continua sua missão de fazer com que a humanidade reconheça em seu Filho Jesus o verdadeiro Filho de Deus que veio ao mundo para reconciliar os homens com Deus.

Leia MaisNossa Senhora da Penha, Porta do Céu!Oração a Nossa Senhora da Penha É importante que o brasileiro renove sempre essa sua identidade. Nós somos um povo que recebeu muitas influências e isso é uma riqueza para nós. Não podemos deixar que se impregne uma visão de nós mesmos na qual prepondere divisões, lutas, injustiças. Não se trata de negar que elas aconteceram, mas de ter uma visão maior, que consiga reconciliar tudo isso e descobrir nossa verdadeira identidade. Ajudando quem precisa ser ajudado, cobrando de quem precisa ser cobrado, mas unidos em uma mesma identidade. É isso que um olhar reconciliado para a história tem o poder de fazer. E é isso que Nossa Senhora faz ao apresentar seu Filho, o nosso verdadeiro reconciliador.

Que Maria sempre nos ajude a ser cada vez melhores filhos seus. Que possamos gravar essa identidade de uma forma sempre nova em nossos corações para que as próximas gerações cresçam com um amor ainda maior a quem somos, a nossa vocação de filhos e filhas de Deus em uma porção de terra abençoada e que tem muito potencial para ajudar a que outros povos sejam também eles mais felizes e mais plenos conhecendo sua verdadeira identidade.

* Ir. João Antonio Johas é leigo consagrado e estudante de filosofia com vistas ao sacerdócio

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0
Maisa Lucuana Miquilini Pietrafez comentou:

Amei tudo minha cidade Itapira São Paulo, Nossa Senhora da Penha e Padroeira da de Itapira

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Espiritualidade

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.