Por Redação A12 Em Evangelhos Atualizada em 14 SET 2018 - 09H01

Evangelho em Libras | 24º Domingo do Tempo Comum – Ano B


Reflexão: Padre Marcelo Magalhães - C.Ss.R
Intérprete: Kiara Maria Socuta Quintanilha

Naquele tempo, Jesus partiu com seus discípulos para os povoados de Cesareia de Filipe. 
No caminho perguntou aos discípulos: “quem dizem os homens que eu sou?”
Eles responderam: “alguns dizem que tu és João Batista; outros que é Elias; outros, ainda, que és um dos profetas”.
Então ele perguntou: “e vós, quem dizeis que eu sou?”
Pedro respondeu: “tu és o Messias”.
Jesus proibiu-lhes severamente de falar a alguém a seu respeito.
Em seguida, começou a ensiná-los, dizendo que o filho do homem devia sofrer muito, ser rejeitado pelos anciãos, pelos sumos sacerdotes e doutores da lei; devia ser morto, e ressuscitar depois de três dias.
Ele dizia isso abertamente. Então Pedro tomou Jesus à parte e começou a repreendê-lo.
Jesus voltou-se, olhou para os discípulos e respondeu a Pedro, dizendo: “vai para longe de mim, satanás! Tu não pensas como Deus, e sim como os homens”.
Então chamou a multidão com seus discípulos e disse: “se alguém me quer seguir, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e me siga. Pois quem quiser salvar sua vida, vai perdê-la; mas quem perder a sua vida por causa de mim e do evangelho, vai salvá-la”.
- Palavra da Salvação.
- Glória a vós Senhor.

Reflexão
No Evangelho deste domingo vemos Jesus levando seus discípulos para um lugar retirado, para uma periferia, longe do que Jerusalém significa como centro de poder, querendo saber se eles conseguiam enxergam quem ele realmente era. Quando Jesus pergunta o que as pessoas estão dizendo dele, dão para Jesus um momento de respostas; porém, nenhuma das respostas era capaz de expressar quem Jesus era de verdade. Então, Jesus pergunta aos discípulos - àqueles que estão próximos a ele, que caminham com ele, que o escutam e veem os gestos de amor que ele realiza em favor da vida do povo, pois para saber quem realmente é Jesus, é preciso estar envolvido com sua missão. A missão do Cristo passa essencialmente pela lógica do amor-serviço, do poder de amar e não do amor ao poder. Por isso, é junto aos pobres e humildes que Jesus busca, do coração de seus discípulos, uma resposta de fé a respeito de quem ele é e a compreensão que eles têm de sua missão. Diante do questionamento de Jesus, Pedro é o primeiro a responder quem é Jesus de verdade. E Pedro responde, não a partir do que os outros falavam, mas sim, a partir do que a fé lhe possibilitou compreender e acolher como verdade de Jesus em sua vida. Porém, Jesus tem que explicar ao coração de Pedro que o seu messianismo não passa pela lógica do mundo, do poder conquistado na força e no domínio, mas sim que o reino de Deus se constrói na doação e na entrega da vida. Para o reino de Deus, é preciso perder para ser capaz de ganhar, e é pela cruz que passa a vitória da vida. 

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Evangelhos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.