Por Redentoristas Em Redentoristas Atualizada em 21 AGO 2017 - 14H51

Devoção Mariana

A devoção Mariana dos Missionários Redentoristas começou com o seu fundador Santo Afonso que herdou a devoção mariana da cultura religiosa da Itália.

Santo Afonso Maria de Ligório era muito devoto de Nossa Senhora do Bom Conselho. Ele sempre buscou em Maria a orientação segura para sua caminhada humana, cristã e apostólica. Nossa Senhora do Bom Conselho, título caro aos cristãos, fazia parte do culto mariano do povo italiano.



Conheça mais sobre a história do título de Nossa Senhora do Bom Conselho.




Os Missionários Redentoristas receberam em sua caminhada de trabalho a missão de tornar conhecida a devoção a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Em 1863 quando o Superior Geral, Padre Nicholas Mauron tomou conhecimento das informações sobre o ícone, então apresentou uma carta ao Papa Pio IX, na qual ele pedia à Santa Sé que lhe concedesse o ícone do Perpétuo Socorro, para que voltasse ao seu lugar onde começou essa devoção.

O Papa concedeu a licença e disse: "Fazei-a conhecida no mundo inteiro!".

Em janeiro de 1866, os redentoristas buscaram o quadro na Igreja de Santa Maria in Postérula, a obra passou por um processo de restauração, tendo sido exposto à veneração em 26 de abril de 1866, na Igreja de Santo Afonso, hoje também conhecida como Santuário Internacional de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

Da Igreja de Santo Afonso a devoção se expandiu para todo o mundo, levada pelos missionários redentoristas.

Conheça a história completa da devoção a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.


O culto da Imaculada Conceição se inscreve na espiritualidade da Congregação do Santíssimo Redentor. Os redentoristas veneram a Virgem Maria, sob o título de Imaculada Conceição.

A Imaculada Conceição é a padroeira legitimamente constituída da Congregação (Estatutos Gerais, 05). Esse culto é herança de Santo Afonso e dos primeiros redentoristas.

A Imaculada Conceição foi proclamada padroeira da Congregação desde seus inícios. No Capítulo Geral de 1749, realizado em Ciorani, os participantes declararam na 5ª. sessão: “Padroeira principal da Congregação seja Maria Santíssima sob o título de Imaculada Conceição, em segundo São José, depois São Miguel Arcanjo, os apóstolos São Pedro e São Paulo, São João Evangelista, São Felipe Nery, Santa Maria Madalena e Santa Teresa”.

Conheça a história de Nossa Senhora Imaculada Conceição

Navegação
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redentoristas, em Redentoristas

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.