Por Luana Correa Em Missões Atualizada em 03 AGO 2017 - 12H18

História das Missões

historia das missoes grande

A Congregação Redentorista nasceu com o objetivo de pregar o evangelho aos mais pobres e abandonados. Em relação aos diversos grupos religiosos que pregavam missões no seu tempo, o método missionário de Santo Afonso e dos redentoristas tinha algumas especificidades e representava uma grande novidade:

O Grupo religioso redentorista caracterizava-se todo ele como grupo missionário. A preocupação maior estava na simplicidade de vida, na clareza e objetividade da pregação. Valia muito o testemunho pessoal do missionário.

As Casas missionárias: Deviam ser construídas nas áreas de missão. Deviam ser centros de missão.

Onde se pregava: Dava- se preferência pela zona rural e pelos povoados do interior.

Estilo de pregação: Era feita sem floreios ou sem impor as verdades pelo medo, com uma linguagem clara e sem rodeios. Eram utilizadas para reforçar a mensagem.

Duração das missões: Durava em média 15 dias nos povoados e de 20 dias a um mês nas vilas e cidades. Não se pregava durante o inverno.

Temário da missão: Era baseado nas grandes verdades da fé, incentivando a “Vida Devota” como meio de perseverança.

Renovação das missões: Acontecia 04 ou 05 meses após as missões.

Obras escritas e musicais: Completavam a pregação. Alimentavam a espiritualidade do povo. Combatiam os erros de seu tempo. 

Os redentoristas continuam a obra de Santo Afonso

Em 1895, um ano após a chegada ao Brasil, a CSSR já era uma força considerável: Tinha 145 casas e 2.788 congregados em todo o mundo. O ano de maior desenvolvimento foi o de 1965, quando os redentoristas eram mais de 08 mil em todo o mundo.

Na Alemanha:

Apesar das dificuldades enfrentadas em relação ao estado alemão, por causa da política antirreligiosa e anticlerical também neste país a Congregação Redentorista teve um bom crescimento. Em 1894, quando da vinda ao Brasil, os missionários alemães da Província da Baviera (sul da Alemanha) já eram 17, distribuídos em 08 casas.

Da Alemanha eles trouxeram o método missionário, que depois seria adaptado à nossa realidade. Da Alemanha trouxeram também a prática do trabalho em Santuários, pois eram responsáveis pelo Santuário de Altotting. No ano em que vieram ao Brasil receberam autorização de voltar com a pregação de missões em sua terra natal.

Santuário de Alttoting na Alemanha
Santuário de Altottting ou Nossa Senhora de Altotting

Porque foram chamados ao Brasil:

Os redentoristas aqui vieram chamados pelos bispos de São Paulo e Goiás para ajudar na educação do clero e do povo trabalhando na pregação das Santas Missões. Na época havia uma grande falta de clero para atender as paróquias que eram imensas, com amplas dificuldades de comunicação e transporte.

No fundo estava a preocupação com a atualização da Igreja no Brasil, ajudando a implantar um “Novo Modo de Ser Igreja” porque a Igreja passava por um processo de revitalização, após os prejuízos sofridos durante o império.

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Luana Correa, em Missões

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.