Por Redentoristas Em Notícias Atualizada em 09 MAR 2018 - 17H19

50 anos da morte do padre que sonhou proezas para Aparecida

CDM Santuário Nacional.
CDM Santuário Nacional.

Na história da presença dos Missionários Redentoristas em Aparecida, Padre Antonio Pinto de Andrade marcou pelas muitas conquistas que sonhou e realizou nessas terras e pelo seu zelo e amor a Nossa Senhora Aparecida.

No último dia 05 de março, completaram-se 50 anos de sua morte. Ele morreu vítima de câncer no ano de 1968, depois de muito lutar pela vida.

Padre Antonio veio para a terra da Padroeira do Brasil no ano de 1909, para morar no Seminário Menor. “Gordinho, forte, ligeiro e risonho. Sempre de bom humor, dono de boas e contagiosas risadas. Bem depressa tornou-se querido por todos”. Assim, o autor de um artigo do Ecos Marianos recordava aquele jovem de 14 anos que começava a dar os primeiros passos em direção ao sacerdócio.

Por longos anos, ele foi missionário em vários estados brasileiros. Tinha uma “eloquência peculiar ditada pelo coração bondoso”.

No confessionário mostrou seu lado mais paciente. Com voz baixa “de quem recebe segredos e a eles responde”, padre Andrade atraía a si grandes filas de fiéis penitentes.

Em Aparecida, foi reitor (superior e pároco) de 21 de fevereiro de 1946 a 24 de outubro de 1950. Grande missionário. Revolucionou o Santuário Nacional e a cidade.

Lançou a pedra fundamental da Basílica Nova em 10 de setembro de 1946 e inaugurou a obra das Estações da Via Sacra, no Morro do Cruzeiro. Deu impulso à instalação da Rádio Aparecida, fundou a Irmandade do Santíssimo e acompanhou a construção da Vila Babete para famílias pobres.

Em seu otimismo, gostava de fazer planos grandiosos, sonhando com uma Aparecida transformada num grande centro religioso, capital mariana do Brasil e do mundo.

Padre Andrade morreu em São Paulo, em 1968, deixando sua marca na história desse grande Santuário mariano, que acolheu mais de 13 milhões de devotos no último ano.

 

4 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0
Carla Juliana comentou:

Bom dia! Quero saber como envio fotos da minha mãe e minha avó para divulgação na edição de maio. Obrigada. Deus abençoe vocês.

respondeu:

Carla, você pode enviar as fotos pelo email devotos@santuarionacional.com

adail antonio rinaldi comentou:

que coisa maravilhosa o que padre fez pela evangelizaçao doando asua vida em prol do evangelho , e d nossa senhora aparecida parabens

Helcimar Rocha Loret comentou:

Que alegría em poder ter a informacao diste iluminado sacerdote para engrandecimento diste lugar onde nos sentimos más próximos da maezinha Aparecida.

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redentoristas, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.