A12

CASPS realiza Reunião Socioeducativa com a temática, “VALORIZAR A MULHER É VIVER SEM VIOLÊNCIA”

Enviar por e-mail

Preencha todos os campos adequadamente.

Enviando...

Ocorreu um erro no envio:

-

Preencha todos os campos adequadamente.

Enviando...

Ocorreu um erro no envio:

CASPS realiza Reunião Socioeducativa com a temática, “VALORIZAR A MULHER É VIVER SEM VIOLÊNCIA”,

CASPS realiza Reunião Socioeducativa com a temática, “VALORIZAR A MULHER É VIVER SEM VIOLÊNCIA”,

Aconteceu no último dia 16 de março no CAS Perpétuo Socorro, reunião socioeducativa com a temática “VALORIZAR A MULHER É VIVER SEM VIOLÊNCIA”, o temafoi escolhidodevido no mês de março comemorar-se o dia internacional da mulher (08/03). Em todas as oficinas de todos os programas, foi abordado tal temática com o objetivo de abordar o ser mulher e sua importância na sociedade, proporcionando sua valorização. Para enfatizar ainda mais a temática, convidou-se o promotor de justiça, Sr. Guilherme Athayde Ribeiro Franco para realizar palestra com os beneficiários do Programa SOS Família, Vida Ativa e responsáveis do Semear. Na ocasião, houve participação à convite do promotor da psicóloga Michele Anadão que abordou a temática “Qualidade de Vida na Família” de maneira instrutiva, referenciando e explanando ainda explicações sobre o Projeto Pétalas, projeto tal inovador que é composto por técnicos da rede, sendo estes voluntários, incluindo o poder judiciário, que tem por finalidade a prevenção e minimização dos danos relacionados à violência doméstica no município de São João da Boa Vista. Na reunião houve reforço positivo aos beneficiários residentes no Bairro Resedás, na qual, após palestra realizada em dezembro sobre a problematização das drogas, uma beneficiária Sra. Luciane Esmoralli, teve iniciativa de realizar “Abaixo Assinado” de oposição às propagandas de bebidas alcoólicas nas redes de comunicação. A beneficiária se mobilizou indo de casa em casa recolhendo assinaturas de vizinhos e outros residentes no bairro. Tal ação mostra que as ações do CAS em parceria com a rede podem ter impacto social significativo. Na ocasião da palestra, houve participação ativa dos beneficiários, na qual, fizeram diversos questionamentos, mostrando-se interessadas pela temática. Por fim, como de costume, foi realizada a oração do “Pai Nosso” e foi comemorado os aniversários do mês e entregue uma lembrancinha para cada uma. Acredita-se que momentos como estes, proporcionam reflexões, fortalece às beneficiárias, despertando conscientização para agir de maneira mais empoderada e lutando para garantia dos seus direitos.

Vânia de Cássia Galvão Martins

Coordenadora


Comentários (0)



Carregando Comentários
0 caracteres