Por Valquíria Vieira e Polyana Gonzaga Em Missões

Celebração da Perseverança conclui Santas Missões Redentorista na Arquidiocese de Aparecida

Missa da Perseverança: Encerramento das Santas Missões no Santuário de Frei Galvão – Guaratinguetá (SP) em 18 de junho de 2017. Foto: Polyana Gonzaga/Os missionários redentoristas da Província de São Paulo encerraram, no domingo (18), as Santas Missões na Arquidiocese de Aparecida com a celebração da Perseverança realizada no Santuário de Frei Galvão em Guaratinguetá (SP).

A celebração presidida pelo Arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes contou com a presença dos missionários redentoristas, dos padres da Arquidiocese, um coral de 300 vozes, a orquestra do PEMSA (Projeto de Educação Musical do Santuário de Aparecida) e todo o povo da Arquidiocese.

A celebração da Perseverança fecha a terceira fase das Santas Missões que preparou os fiéis da Arquidiocese de Aparecida para bem celebrar os 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida, com essa celebração fica a convocação para a Arquidiocese permanecer em missão.

:: Saiba mais sobre as estratégias da Missão 

Para o Superior Provincial da Congregação do Santíssimo Redentor da Província de São Pauoo, padre José Inácio Medeiros, com as Santas Missões há uma renovação da fé e um despertar para o ser igreja.

 

"...as comunidades e paróquias deram uma resposta maravilhosa e eu acredito que o povo da Arquidiocese de Aparecida sai renovado e transformado desses seis meses de missões”.

“ As Santas Missões têm alguns objetivos bem específicos, no caso da Arquidiocese de Aparecida, atingindo as 18 paróquias e as dezenas de comunidades, as Santas Missões ganharam um objetivo a mais que é ajudar o povo de Deus a se preparar bem para a celebração dos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida. Foi um tempo de recuperar o nosso tempo de ser Igreja, foi um tempo de recuperar esse dinamismo missionário e se projetar para que a nossa Igreja seja ainda mais sinal de Deus aqui nessa realidade particular. Essa celebração da Perseverança no Santuário Frei Galvão ganhou uma conotação de preparação, que diferentemente do Santuário de Aparecida, que é nacional, o Santuário frei Galvão é o coração da Igreja diocesana e as comunidades e paróquias deram uma resposta maravilhosa e eu acredito que o povo da Arquidiocese sai renovado e transformado desses seis meses de missões”, afirmou.

Padre Denis Francisco, missionário redentorista que trabalhou nas Santas Missões relata que a partir de sua experiência pode colaborar com a revitalização da fé do povo.

“Quero trazer a realidade da Paróquia Nossa Senhora da Glória onde eu coordenei. Ali nós criamos quatro comunidades, duas vão ser comunidades com centro missionário fixo e surgiu lideranças e já teremos missa uma vez ao mês. Este é o objetivo das Santas Missões revitalizar a fé do povo” contou.

 

As Santas Missões redentoristas na Arquidiocese de Aparecida também foi uma grande experiência de trabalho para os Missionários Redentoristas, para o padre Rubem Leme Galvão essa foi uma experiência de confirmar a devoção do povo a Nossa Senhora Aparecida.

“Ficamos satisfeitos com a aceitação do povo. Graças a Deus houve uma compreensão muito grande das Santas Missões. O importante é que essa devoção a Nossa Senhora, cujo 300 anos estamos comemorando, a sua presença materna sempre foi um polo de atração muito grande, ela sempre arrebata muitos corações para trazer e levar a seu Filho Jesus”, disse.

Após o encerramento da terceira fase das Santas MIssões, não acaba o trabalho de evangelização, a quarta fase chamada de Pós-Missão ou Tempo de Perseverança, não tem um prazo fixo para acontecer, sendo assim os Coordenadores das comunidades dão continuidade perseverando num Plano Pastoral Orgânico da comunidade paroquial, criando momentos de ação apostólica no setor, comunidade e paróquia para crianças, jovens, famílias, anciãos, doentes e pobres; em resumo, todos os irmãos e irmãs.

:: Relembre as fases das Santas Missões na Arquidiocese de Aparecida

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Valquíria Vieira e Polyana Gonzaga, em Missões

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.