Por Eduardo Góis Em Redentoristas

Padre Inácio fala sobre missão e novos desafios da Província de São Paulo

A Província Redentorista de São Paulo acaba de dar posse ao novo Governo Provincial. Assumem agora o missionário redentorista e ecônomo da Província Padre Luiz Cláudio Alves de Macedo como Vigário, sendo conselheiros, Padre Marcelo Conceição Araújo, que é mestre de noviços em Tietê (SP), Padre Marlos Aurélio da Silva, diretor da Editora Ideias & Letras, Padre Fábio Evaristo Resende Silva, diretor editorial da Editora Santuário, além do Padre Inácio Medeiros como Superior Provincial. Ele fala ao Portal A12 sobre o papel do Governo Provincial e os desafios da atualidade. 

padre inácio medeiros

Foto: Arquivo- Portal A12

Padre Inácio Medeiros é o novo Provincial da Unidade de São Paulo

Portal A12 - O que é o Governo Provincial? 

Padre Inácio Medeiros - A Congregação Redentorista, assim como outras congregações religiosas tem uma organização territorial. Nós somos organizados em províncias e Vice-Províncias como unidades territoriais. No Brasil existem nove unidades, sendo cinco províncias e quatro vice-províncias. Uma província é uma unidade autônoma seja em pessoas, bem como em recursos. Uma Vice-Província sempre tem uma ligação com uma Província. A Província de São Paulo já iniciou as atuais províncias de Goiás e Porto Alegre e hoje tem ligada a si a Vice-Província de Recife. Portanto, Governo Provincial é uma equipe de confrades escolhidos pelos demais para gerenciar a unidade redentorista, no nosso caso a Província Redentorista de São Paulo.

A12 - Para qual finalidade existe?

Padre Inácio - No passado se entendia de forma diferente a autoridade provincial. Hoje compreendemos que a principal missão do Governo Provincial é a de ser uma equipe de animação e motivação dos confrades para que sejamos fiéis à nossa missão e coerentes com o carisma original de Santo Afonso Maria de Ligório. Neste sentido se compreende a missão do governo provincial que se coloca no contexto da congregação no mesmo nível de missão das demais atividades provinciais.

A12 - Qual é o papel do provincial?

Padre Inácio - O Superior Provincial deve ser o animador da vida provincial, fazendo-se presente nos momentos alegres e tristes da caminhada provincial. Na verdade, o superior provincial é aquele que continua a história fazendo ponto do presente com o passado, ou seja, nos ligando com as gerações que nos antecederam, mas ao mesmo tempo garantindo e projetando o futuro da congregação. Para ser fiel ao seu compromisso de animador da vida provincial o Superior Provincial procura dirigir a sua ação baseando-se no cumprimento dos Estatutos Provinciais e também no Diretório dos Superiores.

A12 - Atualmente quantas vice-províncias pertencem a unidade de São Paulo e qual a realidade delas?

Padre Inácio - Hoje a Província tem ligada a si a Vice-Provincia de Recife que engloba cinco estados do Nordeste (Alagoas, Sergipe, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte) com nove comunidades e cerca de 46 confrades. Esta é uma realidade muito desafiadora do ponto de vista socioeconômico. Ali a Província, além de colaborar na formação das novas gerações de redentoristas, também tem uma parceria no cuidado pastoral e evangelizador do Santuário de Nossa Senhora da Conceição, localizado no Morro da Conceição, em Recife.

A12 - Quais são as frentes de trabalho da província e como elas estão aliadas a missionariedade da Congregação do Santíssimo Redentor?

Padre Inácio - A Província de São Paulo, formada hoje por quase 200 confrades distribuídos em 19 comunidades e mais duas casas mantém nove áreas de atuação missionária: Santas Missões, Santuário Nacional, Meios de Comunicação, Paróquias e igrejas Missionárias, Formação, Obras Sociais, Pesquisa e Ensino de Teologia, com destaque para a Teologia Moral, Governo e Administração.

A12Quais os maiores desafios da Província no momento?

Padre Inácio - Ao lado de grandes desafios como o continuado crescimento de nossos campos de missão, com a necessidade de mais confrades bem preparados, há o desafio do envelhecimento de muitos. Outro desafio é o que chamamos de interprovincialidade, com a integração e a parceria com as outras províncias redentoristas, não só no contexto interno, mas também no contexto latinoamericano. Precisamos estar atentos aos sinais dos tempos e ao que a Igreja e a Congregação precisar de nós.

A12 - Deseja acrescentar mais informações? Fique a vontade para comentar.

Padre Inácio - Peço que as pessoas não se esqueçam de nós em suas orações e que Deus continue derramando sobre nós as suas bênçãos, especialmente neste Ano Mariano em que celebramos os 300 anos do encontro da Imagem de Nossa Senhora Aparecida. Para mim, como provincial, é uma imensa graça poder dirigir a Província neste ano tão especial para todo o nosso Brasil.

:: Redentoristas de São Paulo têm novo Governo Provincial

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0
Aloisio Lázaro Consoli comentou:

Parabéns Pe. Inácio, que Deus e N.S. Aparecida de forças para mais esta missão, o sr foi professor de história no Seminário Santo Afonso , 1977/78.

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Eduardo Góis, em Redentoristas

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.