A12

Nossa Senhora do Divino Pranto

Enviar por e-mail

Preencha todos os campos adequadamente.

Enviando...

Ocorreu um erro no envio:

-

Preencha todos os campos adequadamente.

Enviando...

Ocorreu um erro no envio:

Nossa Senhora do Divino Pranto

Esta linda devoção surgiu no início do século passado. Irmã Elisabeth, da congregação das irmãs Marcelinas, estava gravemente enferma. Devido à doença que tinha, estava na cama há anos, tinha ficado cega e com fortes dores que a tornavam cada vez mais fraca.

Desenganada pela medicina, o que podia esperar desta vida era apenas a morte. Na noite de 6 de janeiro de 1924, em meio a um silêncio profundo, irmã Elisabeth começa a fala deixando as outras irmãs surpresas. A jovem irmã conversava com uma senhora e dizia: Como a senhora é bondosa! Mas tenho uma dor tão grande que nem sei oferecer a Deus... reze por mim! Bem, a bela senhora responde a Elisabeth: Reza! Confia! Espera! Dá um sorriso e desaparece.

A jovem irmã não sabia quem era aquela senhora e todos pensavam que devido a doença, ela poderia estar sonhando ou delirando. Após a primeira aparição irmã Elisabeth entra em coma e segundo o médico, poderia morrer a qualquer momento.

Os dias foram passando e a doença progredia rapidamente. Até que na noite de 22 de fevereiro, quando as enfermeiras velavam e rezavam pela agonizante irmã Elisabeth, algo acontece. A jovem irmã tem um sobressalto e senta na cama. De mãos postas e olhar fixo ela conversa com a mesma senhora, só que dessa vez ela reconhece exclamando por 3 vezes que a senhora que via era Nossa Senhora e com Jesus Menino.

Irmã Elisabeth só não entendia por que o menino chorava. E Nossa Senhora explica que o Menino está em prantos, pois não é bastante amado, procurado e desejado, também pelas pessoas que lhe são consagradas... e pede que Elisabeth divulgue essa mensagem.

Irmã Elisabeth sentia-se pequena, incapaz de levar adiante tal mensagem. Quem acreditaria nela? Então, a jovem irmã pede um sinal a Nossa Senhora.

Para Deus nada é impossível. A Virgem Santíssima sorri carinhosamente, inclina-se um pouco e diz: Devolvo-te a saúde! E desapareceu com seu Menino.

Irmã Elizabeth ficou totalmente curada e viveu por mais 60 anos testemunhando e anunciando a mensagem de Nossa Senhora do Divino Pranto.


Comentários (0)



Carregando Comentários
0 caracteres