Por Victor Hugo Barros Em Releases Atualizada em 02 OUT 2018 - 17H07

Coletiva de Imprensa apresenta novidades na programação da Novena e Festa da Padroeira deste ano

Encontro com jornalistas aconteceu na Sala de Imprensa do Santuário Nacional e detalhou as comemorações de 2018


Thiago Leon
Thiago Leon
Celebrações acontecem de 03 a 12 de outubro no Santuário de Aparecida

Profissionais de diversos órgãos de comunicação marcaram presença na Coletiva de Imprensa de apresentação na Novena e Festa da Padroeira do Brasil deste ano, na manhã desta terça-feira (02). Participaram do encontro com os jornalistas o reitor do Santuário Nacional, padre João Batista de Almeida e o administrador-ecônomo do maior templo mariano do mundo, padre Daniel Antônio da Silva.

Durante cerca de quarenta minutos, foi apresentada a programação das festividades de Aparecida, bem como as particularidades das comemorações deste ano, que acontecem em sintonia com o Ano do Laicato. “Nós teremos neste ano algumas alterações em relação aos anos passados, que serão perceptíveis para quem já acompanha há alguns anos”, destacou o reitor.

A primeira delas acontece logo no primeiro dia do novenário, com a realização da tradicional Carreata pelas ruas de Aparecida. Nos outros anos, a atividade acontecia no meio da programação. Já em 2018, a procissão motorizada foi movida para as 6h da quarta-feira (03), como forma de motivar a cidade para a participação nas comemorações. Junto com a Alvorada festiva, que acontece no mesmo horário, a Carreata iniciará as atividades em honra à Padroeira.

O roteiro das celebrações também passou por modificações. Entre elas, está a substituição dos tradicionais carros andores, que introduzem a Imagem nas celebrações por andores de braços, que serão carregados pelos próprios devotos. “Nas procissões de padroeiros Brasil a fora, geralmente as pessoas carregam os andores e gostam disso. Claro que nem todos que estarão no Santuário vão conseguir carregar esse andor, mas alguns representantes poderão fazer isso”, detalha.

Também durante a entrada de Nossa Senhora, os cânticos, que em outros anos eram reproduzidos em versões gravadas, serão entoados pelo próprio povo. “Esse ano nós queremos que o povo participe pelo menos neste momento, fazendo sua homenagem à Nossa Senhora”, ressaltou o sacerdote. Na mesma esteira, neste ano não foi composto um hino para a Festa, tradição que já acontecia ao longo dos anos.

As alterações também se estendem à entronização do Santíssimo Sacramento, que deixará de entrar pela Porta Santa para sair diretamente da Capela em que fica exposto ao longo de todo o dia, no interior da Basílica. Já no dia 12, outra novidade: ao fim da missa solene, será anunciado o tema da Novena e Festa do próximo ano.

Ao contrário do que acontece na programação religiosa, o Festival da Padroeira, “herança” das comemorações do Jubileu, não sofreu grandes modificações. Pelo contrário, foi fortalecido com a manutenção das datas de sua realização, nos dias 10 e 12 deste mês. “O Festival da Padroeira vai se construindo e confirmando como um festival anual aqui no Santuário Nacional.

Novamente neste ano contamos com a presença do cantor Daniel como embaixador deste evento”, afirma o administrador-ecônomo da Basílica.

Neste ano os shows contarão com a presença dos padres cantores no dia 10. Estão confirmados os padres Antônio Maria, Ezequiel Dal Pozzo, Omar, Júnior Periquito, Reginaldo Carrera, Sidney e frei Zeca.

Já no dia 12, Dia das Crianças, será a vez dos cantores mirins garantirem a animação do público junto com o Cantor Daniel a Orquestra PEMSA. Vão marcar presença Giulia Soncini, Larissa Manoela, Yasmin Giacomini, Guilherme Martinez, Fabiana Moneró, Léo Cidade e Neto Junqueira, além da atração internacional The Melisizwe Brothers.

Na entrevista, também foi apresentado o Caminho do Rosário, novo espaço do Santuário Nacional. “Este é mais um braço de experiência de fé para os romeiros que vem aqui. Além disso, desafogamos também o fluxo de romeiros em outros pontos do Santuário, sobretudo em dias de grande movimentação”, afirma padre Daniel.

Além de ser um local dedicado à oração, o Caminho também se configura como espaço de lazer para aparecidenses e moradores de municípios próximos à Capital Mariana da Fé. “As cidades vizinhas e até mesmo Aparecida carecem de uma área para prática de exercício, caminhada e lazer. Esperamos que este novo espaço proporcione também mais qualidade de vida para os munícipes, podendo ser utilizado como uma alternativa neste sentido”, salienta.

A Novena e Festa da Padroeira do Brasil se iniciam amanhã (03). A programação completa de atividades pode ser encontrada em www.a12.com/padroeira.

Fonte: Santuário Nacional

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Victor Hugo Barros, em Releases

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.