Testemunho da Vida Religiosa marca oitavo dia da Novena da Padroeira

Novena da Noite
Novena da Noite

Religiosos da Arquidiocese de Aparecida e de outras cidades estiveram presentes neste dia 08 de outubro, oitavo dia da Novena da Padroeira, para demonstrar seu amor e devoção à Mãe Aparecida no Jubileu de 300 anos.

Com o tema: “Senhora Aparecida, das águas ao acolhimento no amor”, a celebração foi presidida pelo cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo Metropolitano de São Paulo.

Amparado na mensagem do Evangelho, que citava a cura do cego Bartimeu, o cardeal disse que é preciso pedir à Mãe Aparecida para que cure as diversas cegueiras que assolam o coração humano. Ele falou não da cegueira física, mas da que atinge o coração.

“Lembremos dos cegos do coração, dos cegos sem fé em Deus, dos cegos sem moral, capazes de fazer as maiores ofensas ao próximo e a Deus e não sentir nada. É uma grade cegueira, a cegueira moral”, assinalou o cardeal.

Dom Odilo ressaltou ainda que os devotos de Nossa Senhora Aparecida devem demonstrar seu amor a ela mantendo em suas casas, a imagem da Virgem Negra, como exemplo de fidelidade ao próprio Cristo.

“Famílias católicas, não tenham medo de ter a imagem ou um quadro de Nossa Senhora Aparecida em suas casas, como sinal de identidade. Nós somos os discípulos de Jesus e acolhemos conosco a Mãe de Jesus. Maria em nossas casas é sinal de fidelidade ao que Jesus pediu”, enfatizou.

A Vida Religiosa participou, de modo todo especial, da entrada de Nossa Senhora Aparecida. Com a música “I Will Follow him”, que significa, “Eu o seguirei”, a imagem foi introduzida dentro do Santuário Nacional por jovens vestidas com hábitos religiosos. Colocada dentro de um imenso coração, enfeitado com rosas vermelhas, a entrada da Mãe Aparecida causou comoção e lágrimas nos devotos. A homenagem foi ainda mais marcante pela presença dos cantores Rick e Giovani, que cantaram juntos no Altar, a canção “Nossa Senhora Aparecida”.

Thiago Leon
Thiago Leon
Entrada da imagem lembrou o testemunho da Vida Religiosa.

Participou dessa homenagem, a religiosa da Congregação Filhas de São José, da Diocese de Santo Amaro, Iloy Ortegon, que está morando no Brasil há apenas três meses. Ela que veio do México; onde morou toda a sua vida, falou ao A12 sobre a importância do testemunho da Vida Religiosa para a Igreja.

“Devemos oferecer à Igreja, principalmente com nosso testemunho de vida, de dar-nos com todo o nosso amor a Jesus, Ele que verdadeiramente é o centro de nossa vida. Com isso e com nosso trabalho silencioso atrair as pessoas para que renovem a sua fé em Jesus ou queiram conhecê-lo ainda mais”, disse a religiosa.

Irmã Iloy contou ainda que Nossa Senhora, sendo o modelo para a Vida Religiosa a inspira enquanto modelo de mulher da oração. “Ela sempre nos pede a oração de intercessão para aliviar as ofensas que recebe Nosso Senhor, especialmente, na Santíssima Eucaristia, e depois, a intercessão por tantos irmãos que não conhecem Jesus e que talvez se perdem para sempre porque não o encontraram”, refletiu recordando o testemunho dos religioso a exemplo de Jesus que curou o cego Bartimeu.

Thiago Leon
Thiago Leon
Irmã Iloy Ortegón, do México, veio em missão para o Brasil há apenas três meses.

A religiosa falou ainda que ficou emocionada por ver como a devoção a Nossa Senhora Aparecida se assemelha muito à da Virgem de Guadalupe; venerada pelo povo mexicano.

“A devoção do povo brasileiro à Virgem é muito grande e edificante, e não posso deixar de fazer uma comparação com a devoção à Virgem de Guadalupe, que é muito forte! Eu penso que isto é o que mantém viva toda a humanidade; a fé em Nossa Senhora”, finalizou.

Show Sertanejo

Após a Novena, a TV Aparecida reuniu na Tribuna Dom Aloísio Lorscheider, grandes nomes da música sertaneja no país.

Com apresentação de Kléber Oliveira e toda a turma do Terra da Padroeira e Mariangela Zan, o show trouxe sucessos que embalam os corações sertanejos, como também a devoção à Mãe Aparecida.

O A12 foi conferir os bastidores do  Show Sertanejo. Veja o vídeo.

Nesta segunda-feira (09), o Santuário Nacional celebra o último dia da Novena. Acompanhe e celebre com a gente!   

Novena da Tarde
Novena da Tarde

O 8º Dia da Novena da Padroeira contou com a participação do Arcebispo de Diamantina, Dom Darci José Nicioli.

Dom Darci presidiu a Novena da Tarde e falou de como essa celebração acolhe os aparecidenses.

“Os romeiros e romeiras enfeitam e fazem a grandeza da Casa da Mãe Aparecida, romeiros de todo o Brasil, mas particularmente os aparecidenses, essa novena da tarde foi criada justamente para eles, que labutam, nas lojas, nos hotéis, nos restaurantes, para que tivessem uma novena também para rezar e hoje a cavalaria de São Benedito se faz presente”, cumprimentou.

Ivan Simas
Ivan Simas
Dom Darci Nicioli preside a novena da tarde junto com os aparecidenses

O Arcebispo de Diamantina destacou o tema do dia “Das águas ao acolhimento no amor” e fez referência ao acolhimento que o Santuário Nacional oferece a todos os romeiros.

“O lema que move o coração de todos aqueles que aqui trabalham é ‘Acolher bem também é Evangelizar’, entendemos que é importante que você aqui esteja bem, seja bem acolhido, iniciando o acolhimento fraterno no seu grande encontro da Mãe Aparecida e com seu filho Jesus”, enfatizou.

Ao final de sua homilia junto com o povo pediu as bênçãos de Nossa Senhora Aparecida.

“Senhora Aparecida, roga por nós! Senhora Aparecida, Mãe que nos acarinha, Mãe que nos ama, Mãe que nos protege, Mãe que nos guia, Mãe na vida, Mãe na morte, abençoai o vosso povo, o vosso Brasil e dai-nos a vossa bênção, amém”, rezou.

A Novena da Tarde, desse 8º Dia, contou com a presença da cavalaria de São Benedito, membros da irmandade, reis e rainhas da Festa de São Benedito em Aparecida (SP).

Em entrevista ao Portal A12, Dom Darci falou que se sente também aparecidense, pois passou a maior parte de sua vida na cidade.

“Eu sou um pouco dessa cidade, porque vivi maior parte da minha vida aqui, como seminarista, como padre, como reitor do Santuário e depois como bispo, então tenho um grande carinho por essa cidade e por todos aqueles que aqui vivem”, contou.

Dom Darci permanece em Aparecida até o dia 12 de outubro para também celebrar a grande festa do jubileu dos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida.

:: Papa Francisco ofertará terceira Rosa de Ouro à Aparecida

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.