Show com padres cantores abre Festival da Padroeira 


Festival da Padroeira
Festival da Padroeira

Pe. Fábio de Melo, Pe. Reginaldo Manzotti, Pe. Zezinho, Pe. Joãozinho e tantos outros sacerdotes e convidados abriram o Festival da Padroeira na noite desta terça-feira (10).

O show com os padres cantores comemora os 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida e aconteceu no Pátio dos Apóstolos no Santuário Nacional.

Assista aos bastidores do show:


Vigília Mariana
Vigília Mariana

Cada vez mais repleto de devotos, o Santuário Nacional de Aparecida celebrou na noite desta terça-feira (10) a Vigília Mariana. Quem veio à Casa da Mãe pôde viver momentos emocionantes de oração e de profundo encontro com Maria.

Thiago Leon
Thiago Leon
Entronização da imagem de Nossa Senhora Aparecida

A imagem de Aparecida chegou cercada de crianças vestidas de branco trazendo em suas mãos desenhos de como elas imaginam Maria. Emocionados ficaram também os devotos com Pe. Fábio de Melo que homenageou Nossa Senhora cantando “Romaria”.

A celebração também contou com a presença de Dom Orlando Brandes, arcebispo de Aparecida, Dom Raymundo Damasceno, arcebispo emérito de Aparecida, Dom Sergio da Rocha, presidente da CNBB, e o representante do papa, cardeal Giovanni Battista Re.

A Vigília Mariana refletiu o papel de Maria na história da salvação por meio da oração do terço. Foram contemplados os mistérios gloriosos juntamente com os primeiros milagres realizados por meio da intercessão de Nossa Senhora Aparecida.

Cada mistério foi rezado por representantes dos devotos de Nossa Senhora: religiosos, seminaristas, leigos, casais e jovens, representando a pastoral Jovens de Maria do Santuário Nacional.

Jubileu das Crianças
Jubileu das Crianças

Crianças vindas das escolas das cidades de Aparecida, Potim e Guaratinguetá encheram de cores e alegria a Casa da Mãe Aparecida na tarde desta terça-feira (10). A celebração do Jubileu das Crianças ocorre dentro do tríduo para a comemoração dos 300 anos.

Ao redor do Altar as proteções foram retiradas para que as crianças pudessem ficar mais à vontade na Casa da Mãe. E não deu outra! Elas riam, brincavam, rezavam e acompanhavam cada instante da celebração dedicada a elas.

Reveja a emocionante entrada de Nossa Senhora: 

A celebração foi presidida pelo superior provincial da Congregação Redentorista, padre Inácio Medeiros, que falou da importância da parceria entre Igreja e Sociedade ao lembrar a Semana da Criança vivenciada pelo Santuário Nacional nesta semana, que alerta sobre os malefícios do trabalho infantil.

“Como é boa a parceria da Igreja com as instituições da sociedade. Esta semana estamos celebrando a parceria do Tribunal Regional do Trabalho da 15º Região com a Semana da Criança que traz uma preocupação muito forte sobre um problema social muito grave no Brasil, a erradicação do trabalho infantil”, assinalou.

Um mês antes dessa celebração, as escolas receberam a Visita da Imagem Jubilar e na ocasião receberam a missão de reunir as intenções das crianças para entregar neste dia. A professora Jucelene da Silva Chagas, da Escola São Canísio, estava com a caixa de intenções da escola nas mãos. “As próprias crianças escreveram seu pedido e colocaram na caixinha, e hoje a gente veio trazer para agradecer todas as graças da Mãe Aparecida”, contou.

Ana Luiza e Valentina, da Escola Usefaz, são duas dessas crianças que colocaram intenções. Elas contaram que pediram orações pelas pessoas enfermas. Já Ronaldo Carvalho, da Escola Pires do Rio, veio vestido para homenagear o Papa João Paulo II.  Veja as fotos:

As crianças ofereceram como gesto concreto de partilha, material escolar. Reveja esse momento

Nesta noite o Santuário celebra a Vigília Mariana e o Festival da Padroeira com padres cantores. O show é gratuito e poderá ser assistido ao vivo pela TV Aparecida, a partir das 21h30.


Missa em Memória
Missa em Memória
Ivan Simas
Ivan Simas
Legado Pontifício celebra Missa em Memória aos pescadores e devotos falecidos.

A festa começou! O primeiro centenário de Nossa Senhora Aparecida é celebrado nesta terça-feira, dia 10, fazendo memória aos três pescadores e todos os devotos, que contribuíram e contribuem, para difundir a devoção a Mãe Aparecida.

A Santa Missa das 9h, em torno do Altar Central, foi presidida pelo legado pontifício o Cardeal italiano Giovanni Battista Re e a homilia foi proferia pelo Arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes, que refletiu o tema ‘Bem-Aventurada Virgem Maria, Mãe do Belo Amor’.

Em entrevista ao portal A12, o Arcebispo ressaltou que é um dever de todos os devotos da Mãe Aparecida fazer memória aos grandes benfeitores, grandes testemunhas de fé.

“O tema da missa hoje é ‘Nossa Senhora Mãe do Belo Amor’ e exatamente o belo amor é esse, a gente fazer a memória de nossos irmãos e irmãs que foram os grandes benfeitores, os grandes construtores e construtoras deste Santuário, e que hoje já participam do Santuário eterno da glória de Deus. É um ato de justiça da nossa parte fazer, memória de todas essas grandes testemunhas da fé e sermos agradecidos.”

Dom Orlando lembrou também, o padre Vitor Coelho de Almeida, que tanto trabalhou para levar o nome de Nossa Senhora Aparecida por todo o Brasil. “Pedimos a Nossa Senhora, que o quanto antes, padre Vitor Coelho de Almeida o maior benfeitor deste Santuário, o mestre da fé e aquele que mais atraiu o Brasil para Nossa Senhora Aparecida, que ele mereça a honra dos altares, com a beatificação que tanto esperamos”, frizou o Arcebispo.

No final da celebração, o representante do Papa Francisco deixou uma mensagem, enfatizando que Nossa Senhora é o caminho para chegar a Deus.

“Nas historinhas de São Francisco se tem essa história: Havia duas escadas que saiam da terra e tocavam o céu. Uma escada é da cor vermelha e no topo da escada estava Jesus com o seu coração transpassado, os frades Franciscanos queriam subir por está escada, mas era uma escada muito dura, muito difícil de subir, eles não conseguiam subir. A segunda escada era branca, e no topo da escada estava Nossa Senhora, e São Francisco convidou os freis para tentarem subir por aquela escada, a escada branca e eles assim conseguiram, porque Nossa Senhora pegava os freis e os ajudava a subir e levava-os até Jesus”, o cardeal encerrou a mensagem afirmando:

“Essa história explica uma verdade teologicamente comprovada, em que o caminho mais fácil para chegar a Deus, até Jesus, é passando por Nossa Senhora. O filho de Deus escolheu esse caminho para chegar a nós, escolheu Nossa Senhora para chegar a nós, dá mesma forma nós, não podemos escolher outro caminho para chegar a Ele, senão passando por Nossa Senhora”, concluiu.

A programação desse primeiro dia de celebrações pelos 300 anos da Padroeira do Brasil segue com missa, oração do Terço Jubilar, celebração do Jubileu das Crianças, Vigília Mariana e a noite, o primeiro show do Festival da Padroeira, com a presença de diversos padres cantores. Acompanhe toda a programação e participe.


Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.