Por Marília Ribeiro Em Notícias Atualizada em 09 NOV 2018 - 11H47

Tijolinhos do Santuário são caminho para perceber a ação de Deus

De longe, os devotos são impactados pela grandiosidade da Casa da Mãe e pelos tijolinhos, que estão presentes na parte interna e externa do Santuário Nacional.

Thiago Leon
Thiago Leon

Como tudo na Basílica de Aparecida tem um significado que ajuda na espiritualidade e no envolvimento do devoto, os tijolinhos também não estão aqui por acaso.

Padre João Batista, reitor do Santuário, trouxe alguns elementos importantes sobre os tijolinhos, enfatizando que eles são mais um caminho para os devotos chegarem a Deus. “Deus vai dispondo as situações, de tal maneira que as pessoas vão podendo enxergar um pouco mais da Sua presença nos lugares, nas pessoas e nas situações.”

Dentro do contexto da espiritualidade, o tijolo simboliza a presença de cada um dos devotos no Santuário, que unidos de forma organizada, estrutural, formam a Casa da Mãe, a Casa Espiritual.

Thiago Leon
Thiago Leon

Presente em toda a estrutura do Santuário, o tijolinho representa também todo o Brasil. Isso porque o barro por muitos séculos era usado na construção das moradias e, no Brasil, lembra padre João Batista, é muito comum as casas de pau-a-pique, que têm revestimento de barro.

O reitor convida os devotos a olharem os tijolinhos do Santuário e recordarem ainda a nossa criação. “Somos seres humanos, feitos de húmus, somos terra, "...pois tu és pó e ao pó tornarás.” (Gênesis 3, 19)

O tijolo no Santuário não é apenas um elemento para a sustentação estrutural, mas sim um elemento que nos leva à reflexão sobre o que somos, imagem e semelhança de Deus e, no caso do Santuário Nacional, somos também unidos em torno da Mãe, na Casa que Ela habita.

Outro elemento da simbologia dos tijolinhos é a questão da imagem de Nossa Senhora, que é feita de barro, de terracota. Essa imagem, encontrada há 300 anos, nos remete ao ser humano, lembrando também que todos somos a imagem e semelhança do Criador.

Thiago Leon
Thiago Leon

Toda essa simbologia vem de encontro com o propósito do Santuário, que é a evangelização, permitindo que Deus guie a história e seja presença viva a todos os que aqui celebram a sua fé.


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Marília Ribeiro, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.