Por Abiane Souza. Em TV Aparecida Atualizada em 24 AGO 2017 - 12H20

Diário de Bordo: Abiane Souza conta a experiência da equipe em Fátima

Abiane Souza conta a experiência da equipe em Fátima

As terras portuguesas têm mais Brasil do que se possa imaginar, seja no ouro, na madeira, na comunicação. Além disso, Portugal e Brasil fazem parte de um milagre da fé.

Por Abiane Souza

O embarque para as terras portuguesas aconteceu no dia 02 de maio quando eu, a produtora Andrezza Leite, o cinegrafista Fernando Marinho e o auxiliar técnico Luís Henrique, seguimos rumo as descobertas com o jeitinho mais brasileiro de ser. A primeira parada foi em Fátima, cidade que voltaríamos depois de 8 dias para cobrir a vinda do Papa Francisco ao país em comemoração ao Centenário das Aparições de Nossa Senhora de Fátima.

Ao avistar a Basílica Nossa Senhora do Rosário e a Capelinha das Aparições, já foi possível sentir que a paz, a união e a fé estariam presentes e, que Deus, estaria conosco o tempo todo. Bem, esse foi o primeiro pedido feito a Senhora, que brilha mais que a luz do Sol.

Com o coração em paz, demos início na primeira missão: realizar uma série de reportagens sobre Portugal a serem exibidas no mês de julho no programa Santa Receita. Seguimos para a cidade de Braga, a mais antiga do país, que abriga cerca de 30 monumentos religiosos com paisagens únicas. Ficamos no Santuário do Bom Jesus do Monte, um complexo que remete à tranquilidade e a espiritualidade. Fizemos um tour por igrejas, Mosteiros e pela tradição portuguesa do lado norte.

 

"Ali, representávamos o nosso país, a nossa TV e o nosso povo, uma responsabilidade tremenda".

Conhecemos a cidade de Porto, sua gastronomia e cultura. Passeamos de barco pelo Rio D´ouro. Fomos até Coimbra na universidade mais antiga da Europa, conhecemos suas dependências como a Biblioteca Joanina revestida de ouro e pau brasil, a prisão acadêmica, a sala de aula e descobrimos muita brasilidade por lá.

Tivemos uma aula arqueológica sobre as ruínas de Conímbriga, habitada, pelo menos, entre o séc. IX a.C. e Sécs. VII-VIII, da nossa era. Conhecemos a parte nova de Lisboa e um dos maiores aquários públicos da Europa.

Provamos as delícias portuguesas incomparáveis como as queijadas e travesseiros de Sintra e o único pastel de Belém do universo!!!!! Avistamos o rio Tejo da Torre de Belém de onde Pedro Álvares Cabral saiu em descoberta ao nosso Brasil.

Além do bacalhau conhecemos várias espécies de peixes no mercado do Livramento em Setúbal bem como encontramos brasileiros que por lá vivem e trabalham.

Em cada canto, ouvíamos: Vocês são brasileiros? Aparecida? Ah, vão ver o Papa? Sim, esta foi a nossa segunda missão.

Equipe de reportagem da TV Aparecida em Fátima (Acervo Pessoal)

No dia 11 de maio a expectativa era conhecer a família do menino brasileiro que recebeu o milagre dos então beatos pastorinhos Francisco e Jacinta Marto. Em uma coletiva de imprensa com milhares de colegas, ouvimos atentamente a história de cura do miraculado Lucas de 5 anos, contada por seus pais João Batista e Lucila. Foi de arrepiar saber que o milagre da canonização se deu pela cura de uma criança brasileira.

Estávamos mais uma vez unidos, agora pela fé. Romeiros de todas as partes do mundo chegavam ao Santuário cantando em oração e se abraçando pelo cumprimento de mais uma promessa.

Ali, representávamos o nosso país, a nossa TV e o nosso povo, uma responsabilidade tremenda.

No dia 12 de maio o papa do povo, devoto de Maria chegou às terras portuguesas para alegria de todos. Com seu jeito único caminhou até os fiéis, fez suas orações e iluminou a procissão com sua bondade e humildade.

Para cobrir as celebrações do Centenário das Aparições que contavam com a presença do Papa Francisco e ainda com a missa de canonização dos santos mais jovens, não mártires, da história da Igreja no Mundo, dividíamos espaço com cerca de 1.700 jornalistas.

Ao fazer os links, eu e a equipe trabalhávamos para levar o melhor da informação e emoção. Com união, respeito, profissionalismo, alegria e fé, completávamos nosso dia com dezenas de entradas ao vivo; fato que chamou a atenção de outras mídias. Desta forma, aparecemos como destaque na TVI de Portugal contando nossa experiência, também participamos de uma reportagem especial pelo mesmo canal de TV. Fomos entrevistados pelo rádio e site da Lusa e a notícia era o nosso trabalho, a forma como recebíamos e passávamos a informação para o país. Nos destacamos por trabalhar com fé e amor.

E não importava as duas horas que demorávamos para chegar ao Santuário, a hora que íamos dormir, o tempo que mudava em segundos: sol forte, vento e chuva gelada. Lá estávamos nós.

Não estávamos sozinhos, haviam fiéis de todos os lados unidos em busca do sagrado, de uma mãe. “Nós temos mãe”.

No dia 13 de maio, dia do Centenário das Aparições a alegria e fé eram sem tamanho. Na missa, o menino Lucas se revelou ao mundo e, os pastorinhos se tornam Santos.

Viver e poder anunciar o que vimos foi um dos maiores presentes que ganhamos. A luz de Nossa Senhora de Fátima iluminou cada momento vivido e por onde estávamos, Deus nos guiava.

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0
Luiz comentou:

Quantas saudades do querido Portugal!!

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Abiane Souza., em TV Aparecida

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.