Por Academia Marial Em Títulos de Nossa Senhora Atualizada em 12 JUL 2019 - 12H05

Pedidos de Nossa Senhora, Rosa Mística

Nossa Senhora da Rosa Mística - Festa 13 de julho

Nossa Senhora apareceu a Pierina Gilli, uma enfermeira da cidade de Montechiari, na Itália, no quarto de um hospital onde ela trabalhava, em 1947. Nessa visão, a Virgem apresentava-se como uma belíssima senhora, vestida com uma túnica púrpura e um véu branco.

:: Conheça outros títulos de Nossa Senhora

Em seu peito, três espadas cravavam o coração. Seu rosto demonstrava profunda tristeza. Nossa Senhora chorava e disse à enfermeira

“Oração, Penitência e Expiação.”

Em uma segunda aparição, Nossa Senhora já aparecia com as espadas substituídas por três rosas: uma branca, uma cor de rosa e uma dourada. Nesta aparição, pediu oração pelos sacerdotes através de uma nova devoção mariana a ser instituída em todo o mundo. Pediu também que todo dia 13 de julho fosse dedicado à Rosa Mística.


Várias outras aparições à Pierina são relatadas e nelas Nossa Senhora sempre pede a oração e a penitência bem como o cuidado com as instituições religiosas e as vocações sacerdotais. Além disso, realiza muitas curas. Em uma das aparições, manifestou o desejo de ser venerada como Nossa Senhora da Rosa Mística e decretou o meio dia do dia 8 de dezembro, festa da Imaculada Conceição, como a “hora da graça”.

Há uma interpretação para o simbolismo das três espadas e das três rosas que apareceram no coração de Maria:

A primeira espada representa a escassez das vocações;
A segunda, os pecados mortais dos sacerdotes, monges e monjas;
A terceira, seria a representação do sofrimento pelos dos sacerdotes e monges que cometem a mesma traição de Judas.


Já as rosas simbolizam:

A rosa branca, o espírito de oração;
A vermelha, o espírito de expiação e sacrifício;
A dourada, o espírito de penitência – os três pedidos de Nossa Senhora aos fiéis.

CONSAGRAÇÃO A NOSSA SENHORA ROSA MÍSTICA

Ó Maria Santíssima, Senhora Rosa Mística, eu me consagro inteiramente a vós.
Consagro-vos o meu entendimento, para que eu possa sempre vos amar.
Consagro-vos a minha língua, para que eu possa sempre vos louvar.
Consagro-vos o meu coração, para que eu seja totalmente vosso.
Recebei-me, ó Mãe incomparável, no ditoso número de vossos servos.
Acolhei-me debaixo de vossa proteção, 
socorrei-me em minhas necessidades temporais e espirituais
e, sobretudo, na hora da minha morte.
Abençoai-me e fortalecei a minha fé para que,
amando-vos nesta vida, eu possa contemplar,
para todo o sempre, 
a vossa face, no céu.

Amém.

Autor: Gilda Carvalho


19 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Academia Marial, em Títulos de Nossa Senhora

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.