Por Academia Marial Em Títulos de Nossa Senhora

Nossa Senhora de Czestochowa

N S czestochowskaEm 1430, os hussitas assaltaram o convento e o santuário onde estava o milagroso quadro de Nossa Senhora de Czestochowa, de modo que se perdeu o arquivo do convento, e por isso não há mais documentos escritos sobre a primitiva história desse quadro milagroso.

A Santa Sé reconhece, porém, o dia 7 de setembro de 1382 como o dia da instalação do milagroso quadro na montanha Jasna Gora, e existe ainda uma detalhada re1ação das festividades que se realizaram para celebrar esse acontecimento.

Desde os primórdios do Santuário foram os Eremitas de São Paulo os seus guardiães.

As cópias do quadro milagroso espalharam-se brevemente por toda a cristandade, e em muitas igrejas de outros países ficaram expostas ou foram veneradas.

Apesar da destruição dos hussitas, durante a qual o quadro foi danificado, nunca cessou o movimento de peregrinos, e o santuário foi dentro em pouco restaurado.

Os peregrinos eram numerosíssimos principalmente nos festejos dos centenários, estando presentes em 1782 cerca de 600 mil fiéis.

O 500º jubileu foi celebrado em meio aos mais difíceis acontecimentos políticos: a Polônia tinha sido dividida, e suas províncias anexadas aos três países limítrofes; contudo, apesar das dificuldades das fronteiras, compareceram aos festejos milhares de fiéis.

O quadro milagroso de Czestochowa é uma das imagens antigas (de Nossa Senhora) que ainda hoje são veneradas por um culto constante e fervoroso.

Segundo uma lenda, o quadro foi pintado por São Lucas, já no tempo de Maria Santíssima, no tampo de uma mesa feita por São José.

Na Santa Casa de Loreto há uma exposição dos objetos que nela havia quando foi trasladada, com a seguinte nota: “A mesa da Santíssima Virgem acha-se na Polônia, na cidade de Czestochowa”.

Os historiadores dos séculos XIV e XV falam a respeito desta lenda. Segundo um deles, esse quadro foi primeiro levado para Jerusalém. Santa Helena o achou e presenteou com ele o imperador Constantino, que o colocou numa das salas do palácio, onde ficou até o ano de 431, quando foi levado com outras preciosidades de Jerusalém para uma igreja não-mencionada, ficando escondido até o século IX.

Novamente exposto, atraiu logo numerosos peregrinos.

Alguns séculos mais tarde mudou várias vezes de dono e de lugar, até que Nossa Senhora manifestou o desejo de ficar em Czestochowa, da seguinte maneira: quando o príncipe Wiadislavo, o último possuidor do quadro, ia levá-lo do castelo de Belz para Olsztyn, os animais que puxavam o carro pararam perto de Czestochowska, e não houve força humana que os fizesse caminhar; porém, assim que tiraram o quadro do carro, por terem resolvido deixá-lo naquele lugar; puderam os animais, no mesmo instante, por-se em movimento.

Ficando, portanto, o quadro em Czestochowa, por vontade de Maria Santíssima, deram-lhe um novo título: Nossa Senhora de Czestochowa.

Nossa Senhora de Czestochowa é a Padroeira da Polônia, anualmente afluem ao santuário nacional mais de um milhão de peregrinos.

O Papa João Paulo II, fiel às suas origens, sempre demonstrou sua devoção à Virgem de Czestochowa, a quem aprendeu a amar desde menino.

Nossa Senhora de Czestochowa, rogai por nós!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Academia Marial, em Títulos de Nossa Senhora

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.