Por Victor Hugo Barros Em Hotel Rainha ANTIGO Atualizada em 20 SET 2017 - 09H26

Em Aparecida (SP), fé e trabalho se unem ao redor da Padroeira

Devotos que trabalham à sombra do Santuário relatam experiências de fé.


Victor Hugo Barros
Victor Hugo Barros
Elaine faz de seu trabalho um agradecimento à Mãe Aparecida

Aparecida recebe anualmente mais de 12 milhões de peregrinos, que de diversos lugares do Brasil e do mundo enfrentam horas de estrada para trocar olhares com a Rainha e Padroeira do Brasil. Há, também, devotos que trabalham no Hotel Rainha do Brasil, a sombra do maior templo mariano do mundo, que abriga a pequena Imagem da Santa. Por este motivo, fazem questão de arranjarem um tempinho de sua rotina para também passarem pelo Santuário e realizarem suas orações.

Essa atitude já faz parte da rotina de Eliane Cristina. Para ela, que trabalha no empreendimento como primeira cozinheira há cinco anos, o sentido de sua função só se complementa com a fé. “Quando vim trabalhar aqui, prometi à Nossa Senhora que viria pelo prazer de acolher os devotos dela.”, conta emocionada Eliane, que viu a Casa da Rainha do povo brasileiro crescer junto com ela. “Nasci e cresci em volta do Santuário, e sempre me segurei em Nossa Senhora em todas as dificuldades da minha vida.”, explica.

Trabalhando no almoxarifado do Rainha desde o começo do empreendimento, Marcos Paulo dos Santos conta que sempre desejou trabalhar na acolhida aos devotos da Padroeira do Brasil. “Nas minhas preces, pedia para que Nossa Senhora realizasse meu sonho de trabalhar na Casa dela. Assim que o Hotel começou a se estruturar fui chamado e sou feliz por trabalhar neste lugar que é uma extensão do Santuário.”, destaca Santos.

A espiritualidade dos colaboradores é exercida na Capela Nossa Senhora da Esperança. Na última quinta-feira (14), por exemplo, uma celebração marcou o aniversário de cinco anos do Rainha do Brasil. O espaço é o local predileto para as orações daqueles que colaboram para o bom acolhimento dos peregrinos. O local, que homenageia o primeiro título mariano que desembarcou no Brasil, também acolhe celebrações de grupos que utilizam as dependências do Hotel.

“Tem hora que temos tanta coisa para fazer, mas sua fé te ajuda no dia a dia. Quando você vê, seu trabalho está pronto, tudo está dando tudo certo, e você sente que a mão de Nossa Senhora vai guiando os caminhos.”, afirma Eliane, que mesmo no meio de tanta correria consegue achar tempo para as orações. “Das janelas do Hotel eu olho para o Santuário e digo ‘obrigada, Mãe!’. É minha forma de agradecer a ela pelo carinho.”, finaliza a cozinheira.

A expressão do amor dos funcionários do Hotel à Padroeira do Brasil acontecerá de forma mais efetiva no 2º dia da novena de 2017. Na celebração da tarde, às 15h, eles participarão das entradas que compõem o rito. A preparação para este momento começou durante o mês de setembro, com a visita da Imagem Jubilar aos setores que compõem o empreendimento.

2 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Victor Hugo Barros, em Hotel Rainha ANTIGO

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.