Por Jovens de Maria Em Notícias Atualizada em 24 JAN 2018 - 14H48

JMJ 2016 apresenta importantes lugares históricos na Cracóvia

Já imaginou andar pelas mesmas ruas que São João Paulo II, Santa Faustina e conhecer a maior praça medieval de toda a Europa? Se você está se programando para participar da JMJ 2016 poderá passar por lugares históricos e marcantes para nossa fé na Cracóvia.

lugares_jmj

A Polônia foi escolhida como sede para a próxima Jornada Mundial da Juventude justamente por ser a terra natal do padroeiro e criador do maior evento jovem da Igreja Católica, São João Paulo II. E para que os peregrinos possam se planejar desde já em seu itinerário turístico religioso, o site oficial do evento apresenta importantes lugares para se visitar.

Passeando pela juventude de Karol Wojtyla

O Centro “Não tenhais medo!” foi construído nas instalações da antiga fábrica que pertencia a uma empresa química belga, um lugar simbolicamente associado à juventude do papa polonês.

No local, uma igreja construída no piso inferior guarda as relíquias de São João Paulo II. O complexo também abriga o museu João Paulo II e ainda uma Igreja, no piso superior,onde podem ser admiradas portas de bronze onde o papa é retratado junto com os santos e beatos elevados aos altares por ele.  

Revivendo a Idade Média

A Praça do Mercado é o coração pulsante do centro histórico de Cracóvia. Com 200 metros de comprimento por 200 metros de largura, o local é considerado a maior praça medieval da Europa. A construção possui uma forma arquitetônica original do ano de 1257 e é reconhecida como Patrimônio Mundial pela UNESCO.

Atualmente, é um ponto de encontro, onde se organizam festivais, se encontram os músicos de rua e diversos restaurantes cafés encantadores.

Centro mundial de Devoção à Divina Misericórdia

Local onde Santa Faustina Kowalska viveu e morreu, o convento da Congregação das Irmãs de Nossa Senhora da Misericórdia foi fundado em Cracóvia na segunda metade do século 19. A capela do convento, dedicada a São José em 1891, é o centro da devoção a Divina Misericórdia. A capela do convento, dedicada a São José em 1891, é o centro da devoção a Divina Misericórdia. 

Na parte inferior da basílica, há uma capela central dedicada a Santa Faustina e quatro capelas laterais. Ao lado da parte superior, há uma capela onde acontece uma adoração perpétua do Santíssimo Sacramento. 

Saiba mais sobre estes e outros lugares históricos e religiosos da Cracóvia no site oficial da JMJ 2016.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jovens de Maria, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.