Notícias

Cresce número de brasileiros que não pretendem tomar vacina contra Covid-19

Escrito por Rádio Aparecida

04 JAN 2021 - 14H32 (Atualizada em 04 JAN 2021 - 15H58)

Shutterstock

Ouça a reportagem ou, se preferir, leia:

A vacina contra a Covid-19 é item essencial na lista de desejos dos brasileiros para o quanto antes. Mas para pelo menos para 22% da população, segundo levantamento divulgado pelo instituto de pesquisas Datafolha, não está em cogitação.

Um outro estudo, do Instituto Paraná Pesquisas, também indicou que 52% dos brasileiros não querem que a vacina seja obrigatória. Considerando a população de 209,5 milhões de habitantes, são mais de 46 milhões de brasileiros sem a intenção de se imunizarem contra a doença, que já infectou mais de 7 milhões e matou quase 190 mil pessoas aqui no país.

Um dos fatores que ajuda a entender a resistência dessa enorme quantidade de brasileiros à imunização, preferindo se exporem ao risco de contrair uma enfermidade e continuar disseminando o coronavírus, são as falsas informações sobre os efeitos colaterais da vacina. Elas se propagam pelas redes sociais e são estimuladas também por celebridades do cenário nacional, inclusive na política, como destaca o epidemiologista, doutor José Geraldo Leite.

- Segundo um levantamento realizado pela rede para mobilização social Avaaz.org, a população brasileira é a que mais acredita em fake news no mundo. Quais os desafios frente a tudo isso? Será que as Redes como Facebook, YouTube e Instagram deveriam apresentar mais iniciativas contra tantas notícias falsas?

- Pra tranquilizar, as pessoas podem confiar na eficácia das vacinas?


Presidente da Sociedade Brasileira de Imunização pede apoio à ciência e celeridade no plano de vacinação do país

Ouça a reportagem ou, se preferir, leia:

O principal desejo para 2021 é que todos tenham saúde e que a pandemia acabe o mais rápido possível. E, para isso, muita gente pediu na virada do ano que a vacina chegasse logo no Brasil. Em 2020, foram praticamente 190 mil mortes causadas por esse vírus. A esperança depositada no imunizante é a grande aposta deste ano que se inicia.

Doutor Juarez Cunha, presidente da Sociedade brasileira de Imunizações, é quem conversa com a Rádio Aparecida sobre o assunto.

🔊 Gostou dessa reportagem? Compartilhe!
Na parte superior da página (logo abaixo do título) clique no botão do WhatsApp ou das demais redes sociais.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0
Receba novidades

Cadastre seu e-mail e receba notícias mensalmente

Parabéns, seu cadastro foi efetuado com sucesso!
Você deve receber nossas novidades em breve.

Ops, tivemos um possível erro no cadastro de seu e-mail.
Tente novamente por favor.

Tentar novamente
Facebook

Boleto

Carregando ...

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rádio Aparecida, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Carregando ...