Por Rafael Camargo Em Notícias

Decifrando o espinafre: descubra como comprar e preparar

 

Duas verduras diferentes recebem o nome de espinafre. No Brasil, a variedade mais conhecida é a Nova Zelândia, com folhas triangulares, pontudas e crocantes. É fonte de vitaminas A e B2 e apresenta ainda minerais como ferro, cálcio, fósforo, potássio e magnésio.

 

Espinafre cozido e refogado em azeite, alho e cebola é um acompanhamento perfeito para carnes grelhadas, aves grelhadas ou assadas. Depois de cozido, espremido e salteado, pode ser misturado a molho branco para o preparo do famoso creme de espinafre, par ideal do bife à milanesa.

 

Misturado com ricota, o espinafre se transforma num saboroso (e leve) nhoque, que pode ser servido com molho branco ou ao sugo. Também combina com queijos intensos, como gorgonzola, parmesão e grana padano. Depois de cozidas e bem espremidas, as folhas de espinafre servem para dar uma coloração verde natural às massas caseiras, de talharine a lasanha.

 

Na hora da compra, prefira as folhas inteiras, sem machucados, e firmes. Evite as folhas e talos que estejam murchos, amarelados ou com pontos pretos. É importante conservar o espinafre sempre em geladeira, pois sua durabilidade é baixa.

 

Para preservar seus nutrientes, não é necessário cozinhá-lo por muito tempo. Suas folhas devem ser lavadas em água corrente e colocadas diretamente na panela. Em geral, a água que permanece nas folhas, após a lavagem, é suficiente para a cocção - que deve ser feita em panela tampada, por poucos minutos, apenas para as folhas murcharem e ficarem macias. Se necessário, pode-se acrescentar um pouquinho de água. Quando cozido por tempo demais, suas folhas começam a perder o verde, adquirindo uma tonalidade amarelada. Também pode ser preparado no vapor, o que ajuda a preservar os nutrientes, a cor e a textura.

 

Depois de cozido e frio, deve-se espremer um pouco as folhas antes de usá-la nas receitas, para evitar que os pratos fiquem aguados.

 

O espinafre também congela bem, mas precisa ser ligeiramente aferventado, passado por água fria e escorrido antes de ir ao freezer. Se comprar a verdura previamente congelada, descongele-a em um mínimo de água fervente com sal ou durante o preparo da receita.

 

Fonte: Comidas e bebidas Uol

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rafael Camargo, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.