Por Rádio Aparecida Em Notícias

Dia do Rádio: ondas que fazem companhia e contam histórias

destaque_dia_do_radio_1

O Dia do Rádio é comemorado no Brasil no dia 25 de setembro. A data tem relação com Roquete Pinto, considerado o “Pai do Rádio Brasileiro”, e que nasceu nesse dia. Na década de 1920, ele fundou a Rádio Sociedade do Rio de Janeiro, a primeira emissora do país.

De lá para cá, o veículo cresceu, se expandiu pelo país, e mesmo com o surgimento de outros meios de comunicação, como a televisão e a internet, o rádio segue a sua trajetória ocupando e buscando espaços na vida dos brasileiros.

::Rádio Aparecida promove ação para valorizar e agradecer os ouvintes da emissora::

No contexto do rádio brasileiro, a Rádio Aparecida – que hoje opera em três ondas distintas: AM, OC e FM – vem construindo a sua história ao longo de 65 anos e é identificada como uma emissora competente, profissional, com credibilidade, evangelizando, formando e informando em uma programação de qualidade.

elaine - dia do rádioE quando a história da emissora se mistura à vida de seus ouvintes? Nenhuma data é tão propícia como essa, o Dia do Rádio, para trazer à tona a história da cantora do Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, Elaine Guimarães, que está em Aparecida há oito anos.

Natural de Nova Venécia (ES), ela passou de ouvinte da Rádio Aparecida em sua cidade a integrante do grupo da Rede Aparecida, numa experiência com muitas surpresas. “Esse convívio com a Rádio Aparecida é desde criança porque meu avô, já falecido, José Luciano Guimarães, lá na década de 1980, foi representante do Clube dos Sócios. Quando íamos à casa dos meus avós, a família se encontrava, lá tinha o rádio, aquele de madeira, grande, e então, me encantava”, relembra.

Elaine conta que a sua mãe Maria Rosa escolheu o seu nome a partir de uma radionovela da Rádio Aparecida; estando já em Aparecida, ela relata o seu encontro com a apresentadora Therezinha de Jesus, Tatá, autora das radionovelas, e o Pe. Ronoaldo Pelaquin, compositor da canção “Sonho de criança”, que ela admirava ao ouvir o programa infantil, Gente Pequena, apresentado pelo padre na emissora.

“Hoje eu canto aqui com os romeiros nas liturgias, então, eu vivencio tudo o que eu vivia pelo rádio. Assim, uma felicidade imensa”.

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rádio Aparecida, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.