Por Rádio Aparecida Em Notícias Atualizada em 15 OUT 2018 - 12H56

Grupos se elegem na Câmara por meio de mandatos coletivos


Surgida nas eleições de 2016, a composição de chapas com duas ou mais pessoas que disputam juntas uma vaga vem movimentando o cenário politico eleitoral em diferentes regiões do país.

Em São Paulo, a chamada Bancada Ativista conquistou vaga de deputado estadual com Mônica Seixas, com 149.844 votos. Porém, com ela, mais nove pessoas participarão ativamente do dia a dia da política. A representante na Câmara dos Deputados é que exerce o mandato, mas as decisões são tomadas em grupo.

A vereadora mais votada de Belo Horizonte em 2016, Áurea Carolina, do PSOL, foi eleita deputada federal neste ano, com mandato coletivo. Socióloga e cientista politica pela UFMG, ela classifica seu mandato como coletivo, aberto e popular e explica esse novo método de fazer política.

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral, a modalidade não tem previsão legal e por isso é considerada informal. Márcio Juliboni é cientista politico da universidade presbiteriana Mackenzie e analisa essa nova forma de fazer política:

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rádio Aparecida, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.