Por Rádio Aparecida Em Notícias Atualizada em 22 OUT 2018 - 12H10

Nova configuração da Câmara força aliança a possível presidente


Leia MaisEleitores sentem falta de debates presidenciaisCresce número de mulheres e negros eleitos para LegislativoConheça os governadores eleitos e quem irá para o 2º turnoTire suas dúvidas sobre o dia de votaçãoEm uma campanha com apoios fragmentados e muitos partidos decidindo ficar neutros no 2º turno, o Congresso se prepara para funcionar sob uma nova configuração. MDB e PSDB foram os maiores perdedores em vagas na Câmara Federal e o centrão ressurgiu, tendo como foco alianças com o possível presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Para analisar como pode ficar o posicionamento do bloco no próximo governo, o cientista político da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Gerson de Moraes, avalia:

Sob governo Bolsonaro

“Uma eventual aliança entre Bolsonaro e o centrão é perfeitamente possível, por ambas as partes terem interesses em comum. O presidente eleito, que precisa desse grupo político, precisa se manter vinculado ao governo, interesses internos, pessoas que almejam determinadas posições dentro dos vários escalões de governo”.

Sob governo Haddad

“Uma vitória de Fernando Haddad (PT) torna essa relação um pouco mais complicada, porque Haddad tem construído juntamente com o PT, desde 2016, a retórica do golpe, muito vinculada ao MDB e alguns outros partidos de centro. Então, como explicar para a nação, em um eventual governo Haddad, essa reaproximação? Você desmonta a narrativa do golpe. Portanto, nesse momento eu diria que é muito mais fácil uma aproximação de um governo Bolsonaro em relação ao centro do que um governo Haddad.”

Veja a análise completa:

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rádio Aparecida, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.