Por Rádio Aparecida Em Notícias Atualizada em 14 JUL 2020 - 16H34

Nova imagem de ação policial violenta em SP reacende debate sobre racismo

Shutterstock
Shutterstock

Ouça a reportagem ou, se preferir, leia:

Mais uma vez, a violência policial ganha notoriedade no país. No último domingo (12), o Fantástico divulgou um vídeo em que um PM é flagrado pisando no pescoço de uma mulher negra de 51 anos. Viúva, com cinco filhos e dois netos, ela é uma comerciante que vive de um pequeno bar. E foi no trabalho dela que se tornou vítima desse episódio de violência policial. Os policiais alegaram que foram atacados com uma barra de ferro, e que estavam se defendendo. A mulher nega.

Durante coletiva, o governador João Doria (PSDB) disse que as cenas da violência policial contra uma mulher em Parelheiros, no extremo da zona sul de São Paulo, “causam repulsa” e que é “inaceitável a conduta de alguns policiais”.

Para evitar casos como este, Dória anunciou que deverá comprar e equipar os soldados da Polícia Militar com câmeras, que vão filmar todas as ações da PM.

Dr. Irapuã Santana  avalia que o abuso da Polícia é histórico e que está ligado diretamente com o racismo no Brasil. O B.O. foi registrado como desacato, lesão corporal, desobediência e resistência contra a comerciante. Ela foi levada para o hospital com ferimentos e perna quebrada. Após atendimento, ficou presa um dia na delegacia. Um dia após ser solta passou por uma cirurgia na perna e levou 16 pontos.


:: Compartilhe com os amigos!
Na parte superior da página (logo abaixo do título) clique no botão do WhatsApp ou das demais redes sociais.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rádio Aparecida, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.