Por Danielle Santos Em Notícias

Óleos: como extrair o melhor de 9 tipos diferentes deles

 

Óleo de uva

Benefícios do uso: Rico em vitamina E, é um super antioxidante que ajuda na revitalização da pele. É rico também em Omega 6.

Lado ruim: Por ser muito adocicado, não agrada a todos pelo paladar.

Melhor forma de utilizar: Como hidratante para o corpo e para pele, pois ajuda na prevenção de estrias e celulites, devido à alta concentração de vitamina E. E pode ser também utilizado para temperar saladas e até mesmo para frituras, pois não forma substância cancerígenas em altas temperaturas.

Óleo de semente de abóbora

Benefícios do uso: Rico em carotenoides, triptofano, e magnésio. É um poderoso antioxidante, tem efeito de calmante natural e potencializa o nosso sistema imunológico.

Lado ruim: Não pode ser utilizado para frituras, pois é sensível ao calor.

Melhor forma de utilizar: Para temperar saladas e em preparações culinárias.

Óleo de oliva

Benefícios do uso: Ele é rico em ácidos graxos monoinsaturados, como o ácido oleico, que ajuda a diminuir o colesterol ruim e aumentar o bom colesterol. É rico em antioxidantes que impedem a oxidação do colesterol e o acúmulo de placas de gorduras nos vasos sanguíneos.

Lado ruim: Não pode ser utilizado para frituras, somente em preparações de pratos quentes, onde o calor é controlado.

Melhor forma de utilizar: É recomendável para molhos de salada e pratos quentes - e sempre que possível no final do preparo.

Óleo de girassol

Benefícios do uso: Este óleo é rico em vitamina E, que ajuda a prevenir doenças como asma, artrite reumatóide e câncer de cólon.

Lado ruim: Ele é rico em ácidos poliinsaturados, que podem reagir com o organismo oxidando e danificando o sangue arterial. Pode elevar os níveis de pressão arterial, causando distúrbios renais e outras complicações graves. O consumo excessivo pode causar obesidade, dores nas articulações e diabetes.

Melhor forma de utilizar: Melhor optar por um óleo mais saudável.

Óleo de linhaça

Benefícios do uso: O óleo de linhaça é saboroso e conhecido por sua alta concentração de ácidos graxos ômega 3, que reduz a inflamação nas articulações, pele e rins, mas também reduz os níveis de colesterol.

Lado ruim: Não pode ser esquentado, sendo utilizado somente em preparações a frio.

Melhor forma de utilizar: Na salada.

Óleo de abacate

Benefícios do uso: É rico em beta-sitosterol, gorduras monoinsaturadas, vitamina A e um alto teor de vitamina E. Ajuda a reduzir os níveis de cortisol, hormônio responsável pela compulsão por comer e pelo acúmulo de gordura na região do abdôme.

Lado ruim: Não tem.

Melhor forma de utilizar: Pode ser consumido puro ou utilizado em diversas preparações, é mais estável a altas temperatura, podendo ser utilizado em preparações quentes, como refogados e frituras, sem alterar sua estrutura química.

Óleo de amendoim

Benefícios do uso: É rico em vitamina E e Ômega 6, que previnem a formação dos radicais livres, combatendo o envelhecimento precoce. O óleo tem grande quantidade de gorduras monoinsaturadas/insaturadas, que previnem a formação de coágulos nas artérias, protegendo o coração.

Lado ruim: Seu uso deve ser moderado, se consumido em grandes quantidades, pode perder o efeito.

Melhor forma de utilizar: Pode ser usado em frituras.

Óleo de coco

Benefícios do uso: Tem propriedades antiviral, antifúngica e antibacterianas. Contém triglicerídeos de cadeia média, que é de fácil absorção, não acumulando na forma de gordura.

Lado ruim: Por ser metabolizado no fígado, quem possui alguma doença hepática deve evitar o consumo excessivo.

Melhor forma de utilizar: Em saladas e em preparações quentes, até mesmo em frituras, pois é resistente a altas temperaturas e não sofre deterioração.

FONTE: REVISTA VOGUE

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Danielle Santos, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.