Por Rádio Aparecida Em Notícias Atualizada em 11 JAN 2019 - 16H18

Onda de violência não está afetando setor do turismo no Ceará, afirma FORTUR

Shutterstock
Shutterstock

A violência no Ceará continua assustando os moradores do estado. No 10º dia, criminosos detonaram um explosivo debaixo de um viaduto na CE-040, no bairro Messejana. Ao todo, até o momento, já foram registradas 184 ações violentas contra ônibus, carros, delegacias, bancos e prédios públicos e privados. Os criminosos querem que o governo do estado desista de normas que tornam mais rígida a fiscalização nos presídios, principalmente com relação à entrada de celulares. O governo afirmou que não vai recuar.

O turismo também está sendo afetado. A remarcação e o cancelamento de reservas para hotéis e pousadas do Ceará, devido a esses ataques, teria reduzido os índices de ocupação hoteleira no estado de 85% para 65%, segundo a Associação dos Meios de Hospedagem e Turismo do Ceará.

De acordo com Pedro Carlos da Fonseca, coordenador do Fórum de Turismo de Fortaleza, não houve grandes problemas até o momento, e tudo está caminhando para a normalidade com as ações da polícia do Ceará. Ouça o depoimento de uma moradora que, assim como todos os cearenses, está preocupada com a onda de violência:

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rádio Aparecida, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.