Por Rádio Aparecida Em Notícias

Saída dos EUA da Parceria Transpacífico deverá afetar países da América Latina, inclusive o Brasil

trump

A decisão de romper o acordo de parceria Transpacífico, tomada por decreto na segunda-feira (23) pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, provocou reações entre a classe política e empresarial do país e também do exterior. Na América Latina, Chile, México e Peru já se articulam para abrir novos canais de negociação. 

A parceria Transpacífico (TPP) é um acordo de livre-comércio estabelecido entre doze países banhados pelo Oceano Pacífico. O acordo foi assinado em 5 de outubro de 2015, após sete anos de negociações, mas não foi ratificado por várias nações, entre elas, os Estados Unidos.

Nos Estados Unidos, a maior parte das reações foi positiva, e até mesmo adversários do presidente durante a campanha, como o ex-candidato democrata, senador Bernie Sanders, elogiou a iniciativa. Ele emitiu um comunicado em que destacou que encerrar este acordo também fazia parte de sua plataforma de sua campanha. 

A saída também pode afetar países da América Latina, veja como, em reportagem de Felipe Melo.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rádio Aparecida, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.