Por Andresa Custódio Em Notícias

Sete dores que não podem esperar

 

A pior dor de cabeça da vida

            Segundo especialistas, uma dor de cabeça forte e súbita, e que piora mesmo com descanso e analgésicos, pode ser um aneurisma. A dor de cabeça acompanhada por fala arrastada ou fraqueza de um dos lados do corpo é sinal clássico de derrame.

 

Enxaquecas

            Em estudos recentes com mulheres que têm enxaqueca, acompanhada por distorções visuais, como luzes que piscam e se movem em zigue-zague ou visão desfocada, verificaram que elas apresentam o dobro de pequenas lesões no cérebro do que aquelas que não sentem dor. Quem tem dores de cabeça fortes ou frequentes deve consultar um médico, para identificar e controlar os "gatilhos" que as provocam.

 

Depressão

            As pesquisas mostram que quanto mais se retarda o tratamento, mais difícil fica para controlar os sintomas. Estudos recentes levaram alguns pesquisadores a acreditar que a parte do cérebro chamada de hipotálamo pode encolher em quem tem episódios múltiplos de depressão. Quem vive se sentindo triste ou ansioso, com desesperança, falta de interesse no trabalho ou em passatempos, ideias recorrentes de morte ou suicídio, deve buscar o auxílio de psicólogos, psiquiatras e outros profissionais de saúde mental.

 

Entorses de tornozelo

            Quem torce o tornozelo distende um ou mais dos três ligamentos principais que seguram a articulação. Se a entorse não for adequadamente tratada, as fibras desses ligamentos podem sarar em posição inadequada, encurtadas ou estiradas, deixando a vítima com tendência a novas lesões.

 

Pressão forte no peito

            Apesar de todo o apelo para levar a sério os possíveis sintomas de enfarte, um estudo mostrou que muitos os ignoram por até seis horas. O músculo cardíaco começa a morrer na primeira meia hora do enfarte. Segundo os médicos, o sintoma mais perigoso não é a dor, mas a pressão, como se alguém se sentasse em cima da pessoa. Isso pode se irradiar para os braços, as costas e a mandíbula. Se ao andar ou apertar o peito a sensação piora, provavelmente não é enfarte; se a sensação permanece a mesma quando a pessoa se move, corra para o hospital.

 

Dor de barriga

            A dor de barriga aguda, que piora com o movimento, ou que faz a pessoa acordar de um sono profundo, pode significar apendicite ou uma crise de vesícula ou cólon. Se a dor é acompanhada de febre, edema ou sensibilidade ao toque; vômitos, diarreia ou prisão de ventre; mudança da cor da urina ou amarelamento da pele ou do branco do olho, entre em contato com o médico imediatamente ou vá para o pronto-socorro.

 

Mudança súbita da visão

            Muita gente nota que, de repente, há alguma coisa errada na visão, mas como ainda enxerga bem com um dos olhos, não percebe como o outro está ruim. Mas as mudanças súbitas da visão podem indicar vários problemas que exigem tratamento imediato. Quem vê luzes piscando ou pontinhos, linhas, fiapos ou teias que flutuam, ou parece que há uma cortina se fechando sobre o campo de visão, ou ainda se perde de repente a visão de um dos olhos, é preciso ligar imediatamente para o oftalmologista ou correr para o pronto-socorro.

 

Fonte: Revista Seleções

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Andresa Custódio, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.