Por Marília Ribeiro Em Brasil Atualizada em 03 FEV 2018 - 14H52

Dia Nacional de Combate ao Câncer: conscientização e prevenção são fundamentais

No dia 04 de fevereiro comemora-se o Dia Nacional de combate ao Câncer, data em que são lembradas as batalhas que são travadas diariamente contra uma das grandes doenças no mundo atualmente. Dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA) apontaram números preocupantes em sua última pesquisa em 2014 – que também são válidos para 2015. Os estudos apontaram ocorrência de aproximadamente 576 mil novos casos de câncer, incluindo os casos de pele não melanoma (182 mil casos), seguido de próstata (69 mil), mama feminina (57 mil), cólon e reto (33 mil), pulmão (27 mil), estômago (20 mil) e colo do útero (15 mil).

A12.com
A12.com
Dia Mundial de Combate ao câncer

Entretanto, apesar do avanço da doença, o índice de cura tem aumentado substancialmente. E uma boa parcela deste número se dá pela detecção precoce do câncer.

Além disso, levar uma vida saudável contribui para a prevenção do câncer, por isso é indicado praticar atividade física, não exagerar na alimentação, evitar cigarro e excesso de bebidas.

No Dia Nacional de Combate ao Câncer é importante relembrar esses fatos, para seguir avançando na batalha a doença, como lembra o médico oncologista da Oncomed BH, Dr. Amândio Soares. “Há 50 anos, o índice de mortalidade era de 70%, mas hoje, felizmente, mais de 50% dos doentes conseguem se curar. E esse número poderia ser ainda maior se houvesse mudanças em alguns hábitos de vida e uma conscientização ainda maior”, finaliza.

...o câncer é a segunda causa de mortes no Brasil e no mundo atualmente, perdendo apenas para as doenças cardiovasculares.

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o câncer é a segunda causa de mortes no Brasil e no mundo atualmente, perdendo apenas para as doenças cardiovasculares. Ainda de acordo com o órgão, até 2030 os números podem crescer, chegando a 27 milhões de casos incidentes de câncer, 17 milhões de mortes por câncer e 75 milhões de pessoas vivas, anualmente, com câncer.

Em 1988, o Dia Nacional de Combate ao Câncer foi criado pelo Ministério da Saúde para ampliar o conhecimento da população sobre o tratamento e, principalmente, para reforçar a prevenção da doença.

Leia MaisPesquisa da Unicamp aponta no vírus da zika possível tratamento contra câncerSuicídio mata mais que câncer e AIDS

Prevenção

A prevenção continua sendo o melhor caminho para se evitar o câncer. Confira as recomendações do Fundo Mundial para Pesquisas de Câncer:

Gordura corporal: Mantenha-se no peso ideal para sua altura.

• Atividade Física: Mantenha-se fisicamente ativo, por pelo menos 30 minutos todos os dias.

• Alimentos e bebidas que promovem o ganho de peso: Evite bebidas açucaradas (refrigerantes, sucos artificiais) e limite o consumo de alimentos e bebidas de alto valor calórico.

• Alimentos de origem vegetal: Coma mais alimentos de origem vegetal, como hortaliças, frutas, cereais e grãos integrais.

• Alimentos de origem animal: Limite o consumo de carnes vermelhas e evite carnes processadas (embutidos em geral).

• Bebidas Alcoólicas: Limite o consumo de bebidas alcoólicas. Se for consumi-las, consuma no máximo duas doses ao dia se for homem e a uma dose se for mulher.

• Preservação, processamento e preparo: Limite o consumo de alimentos salgados e de comidas industrializadas com sal. Cuidado com cereais e grãos mofados.

• Suplementos alimentares: Não use suplementos alimentares para se proteger contra o câncer. Tenha somente a alimentação como objetivo de alcance das necessidades nutricionais.

• Amamentação: As mães devem amamentar as crianças até os seis meses.

• Sobreviventes do câncer: Siga as recomendações de prevenção do câncer.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Marília Ribeiro, em Brasil

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.