Por Redação A12 Em Brasil Atualizada em 26 MAR 2019 - 14H05

Fim do horário de verão: como ajustar o relógio biológico?

horario de veraoO horário de verão acaba no dia 21 de fevereiro de 2016. À 0h (meia-noite) de sábado para domingo, os moradores de 10 estados, além do Distrito Federal, terão que atrasar os relógios em uma hora.

Depois de alguns meses com os dias escurecendo só lá pelas 20h, muitas pessoas podem sentir alguma dificuldade para voltar à rotina e padrão do sono e algumas até apresentarem desconfortos físicos, especialmente nos primeiros dias. Segundo o neurologista Cleverson de Macedo Gracia, quando se adianta o relógio é pior do que quando se atrasa. "A razão disto é que nós estamos mais propensos a permanecer mais tempo acordados à noite que ter que acordar mais cedo no dia seguinte. Como se fosse a favor e contra o relógio biológico".

O neurologista explica que mesmo que a pessoa sinta desconforto com a mudança de horário, como é o caso de apenas uma hora, os sintomas tendem a se resolver em dois ou três dias. "Os sintomas são mais significativos, ocorrem quando há variação do horário em duas ou mais horas. Aí pode aparecer insônia, sonolência diurna, cansaço, confusão mental, etc”.

 

" ...o primeiro passo para manter o sono em dia é respeitar os horários do relógio, ou seja, tentar ao máximo seguir a rotina".

De acordo com a consultora do sono, Renata Federighi, é exatamente o conflito existente entre o horário do relógio e o horário biológico que causa tanto transtorno. "Se estamos acostumado a dormir às 23h no horário de verão, no horário normal começaremos a sentir sono por volta das 22h, já que o relógio será retrocedido em 1 hora. Porém, o primeiro passo para manter o sono em dia é respeitar os horários do relógio, ou seja, tentar ao máximo seguir a rotina”, indica.

A consultora do sono dá algumas dicas simples que podem ajudar a manter o sono em ordem e evitar que a saúde seja comprometida:

-Escolha um ambiente com temperatura agradável, silencioso e escuro. A luz prejudica os ciclos biológicos e interrompe a produção hormonal (cortisol e melatonina), causando a sensação de cansaço pela manhã;

-Fique atento quanto à luminosidade. Dê preferência a caminhadas ao ar livre no final da tarde para se expor à última luminosidade do dia. Isso ajudará a atrasar o horário de início da sonolência no começo da noite;

-Escolha o travesseiro mais adequado ao seu biótipo e postura ao dormir. O travesseiro deve preencher completamente o espaço existente entre a cabeça e o colchão, formando um ângulo de 90º no pescoço, mantendo coluna cervical e lombar sempre alinhadas. Durma, de preferência, de lado, com as pernas semiflexionadas e mantenha um travesseiro baixinho entre elas para evitar a rotação da coluna e os atritos entre os joelhos e os tornozelos;

-A mudança no organismo por conta do horário é inevitável, entretanto, dentro de alguns dias ou semanas (dependendo de cada indivíduo) a ordem temporal interna será restabelecida.

Esta é a 40ª edição do horário de verão no país. A primeira vez ocorreu no verão de 1931/1932. O objetivo é estimular o uso racional e adequado da energia elétrica.

 Saiba a importância do horário de verão

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Brasil

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.