Por Pe. Helder José, C.Ss.R. Em Espiritualidade

A Cruz Bendita e o nosso olhar contemplativo

Na tarde da Sexta-Feira Santa, na Cerimônia da Paixão do Senhor somos tomados pela mais profunda emoção, respeitosa e cheia de esperança. No breve instante da Adoração da Santa Cruz podemos observar a ternura de cada irmão, de cada irmã ao beijar a Cruz Sagrada e Bendita. Senhorinhas idosas com seus rostos vincados pela idade, piedosas e trêmulas, curvando-se em adoração...

Foto de: Anna Laura Barreto/A12

Celebração da Paixão_Anna Laura Barreto

 

Crianças curiosas e com olhares iluminados, muitas ainda de colo, adorando aquela mesma Cruz, com seus lábios puros e benditos. Apesar da estarrecedora crueza do coração humano, marcado pelo egoísmo e maldade, aquele mesmo Sublime Amor, que se reclinou num suspiro Salvador em favor de cada humana criatura continua nos alcançando com suas fagulhas teimosas e insistentes.

Uma luz transfigurante se irradia da Cruz de Nosso Senhor Jesus e rompe as trevas da nossa solidão humana. O crepitar da chama daquele Amor Bendito fecunda o nosso coração de Esperança e faz-nos enxergar que a Vida Plena e verdadeira tem ali o seu começo. 

A Vida vence a morte e se abre em Eternidade ante o olhar de fé das piedosas senhorinhas, da criança curiosa... do nosso olhar contemplativo e do coração de toda humana criatura que se enche de paz e reza, bendiz e agradece.

Jesus de Bondade, nós Vos adoramos e vos agradecemos por este tão grande Amor, pela Sua Vida por nós oferecida, pela Salvação que a cada instante nos alcança! Ajudai-nos a viver melhor a nossa vida, sendo mais fraternos e amorosos. Transformai, pela Vossa Cruz Bendita, o nosso coração de pedra num coração amolecido por sentimentos bons, que nos tornem parecidos Convosco. Que tenhamos um olhar sempre atento ao próximo, nosso irmão! Amém.

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Pe. Helder José, C.Ss.R., em Espiritualidade

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.