Por Pe. Antônio Queiroz, C.Ss.R Em Histórias de Vida

A feliz recuperação

Certa vez, na antiguidade, estava sendo construído um palácio real. Uma das paredes internas seria revestida com um enorme espelho. O espelho foi fabricado, mas, na viagem, ele se quebrou. Quando chegou à construção, o empreiteiro mandou jogá-lo no lixo.

Surpreendentemente, o arquiteto ordenou que todas as peças quebradas fossem recolhidas, quebradas em pedaços ainda menores e coladas na parede, formando um mosaico prateado e cintilante. Assim, a parede ficou mais bonita do que ficaria antes, com o espelho inteiro.

É possível transformar cicatrizes em estrelas, ser melhor, exatamente por ter se quebrado. Deus, em seu poder infinito, é capaz de restaurar tudo, de fazer recuperar-se qualquer pessoa caída. “Tudo concorre para o bem daqueles que amam a Deus” (Rm 8,28). “Ó feliz culpa, que mereceu tão grande Salvador!”

(Fonte: Pe. Jesus Bringas)

Escrito por
Padre Antônio Queiróz dos Santos (Pe. Antônio Queiroz, C.Ss.R)
Pe. Antônio Queiroz, C.Ss.R

Mais conhecido como Padre Queiróz (in memoriam) recolheu ao longo de seu ministério centenas de histórias que falam de forma simples e popular da fé e das realidades do povo de Deus.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Pe. Queiróz, C.Ss.R., em Histórias de Vida

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.