Por Pe. Antônio Queiroz, C.Ss.R Em Histórias de Vida

Amor que faz ir atrás

Certa vez, em um sítio, a senhora, caminhando pelo fundo do quintal, encontrou uma galinha com seus pintainhos. Era um lugar muito sujo, cheio de galhos secos e capim. E o pior: Não havia alimentos para eles

A mulher colocou todos os pintainhos no seu avental (eram dez), pegou a galinha e os levou para o galinheiro. Mas sentiu que a mãe galinha não estava muito contente. Pensando que era fome, foi a sua casa e trouxe um prato de arroz cozido. Entretanto, chegando ao galinheiro, a galinha não estava.

Que galinha tonta, pensou a mulher; abandona seus filhos e vai embora! E começou a procurá-la. Para surpresa sua, a galinha estava lá no fundo do quintal, no mesmo local de antes, com um pintainho debaixo das asas. Aquele pintainho havia sido esquecido pela camponesa.

E ela concluiu: Galinha sabe contar! Como que ela sabia que seus filhotes eram onze e não apenas dez? A mulher comoveu-se até às lágrimas. Aquele pintainho poderia morrer no fundo do quintal, por falta de comida e de proteção, à noite. Mas o amor da mãe foi mais forte.

“Os fariseus murmuravam contra Jesus: ‘Este homem acolhe os pecadores!’ Jesus lhes disse: ‘Quem de vós que tem cem ovelhas e perde uma, não deixa as 99 no deserto e vai atrás daquela que se perdeu?” (Lc 15,2-4).

Se as nossas Comunidades fossem assim, certamente haveria menos “ovelhas perdidas” em nossas cidades.

(Fonte: Pe. Clóvis de Jesus Bovo)

Escrito por
Padre Antônio Queiróz dos Santos (Pe. Antônio Queiroz, C.Ss.R)
Pe. Antônio Queiroz, C.Ss.R

Mais conhecido como Padre Queiróz (in memoriam) recolheu ao longo de seu ministério centenas de histórias que falam de forma simples e popular da fé e das realidades do povo de Deus.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Pe. Queiróz, C.Ss.R., em Histórias de Vida

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.