Por Pe. Antônio Queiroz, C.Ss.R Em Histórias de Vida

Avarento ganha peixe dourado

O Wilson era um homem avarento. Ele nunca se saciava com os bens que possuía. Sempre queria mais.

Como a avareza cega a pessoa, um inimigo seu pregou-lhe uma peça: Presenteou-o com um aquário contendo um peixe dourado, e lhe disse:

- Wilson, quando esse peixinho crescer, atingir o seu tamanho natural, e morrer, o seu corpo se transformará em ouro puro. Você vai ser tão rico que jamais imaginou.

A cobiça falou mais alto que o bom senso e o Wilson acreditou na história. Mal se continha de tanta alegria. Levou o aquário para casa e cuidava do peixinho todos os dias.

Mas o animalzinho crescia, crescia e não parava de crescer. Ele teve de transportá-lo para um tanque, depois para um lago e por fim para um grande lago. O peixe já era um gigante.

Após vários anos, Wilson já havia gasto todas as suas economias, e o peixe não parava de crescer. Finalmente, falido e velho, Wilson morreu. Ele nunca descobriu que seu inimigo lhe dera de presente um filhote de baleia.

A avareza às vezes cega a pessoa, levando-a a agir como irracional. A pior irracionalidade é perder a salvação eterna.

Somos parecidos com o Wilson: Passamos a vida dedicando o melhor de nós: tempo, família, saúde, amizades..., para ajuntar dinheiro. Julgamos que seremos felizes, mas esta felicidade nunca chega.

“Não ajunteis tesouros aqui na terra, onde a traça e a ferrugem destroem e os ladrões assaltam e roubam. Ao contrário, ajuntai para vós tesouros no Céu” (Mt 6,19-20).

Escrito por
Padre Antônio Queiróz dos Santos (Pe. Antônio Queiroz, C.Ss.R)
Pe. Antônio Queiroz, C.Ss.R

Mais conhecido como Padre Queiróz (in memoriam) recolheu ao longo de seu ministério centenas de histórias que falam de forma simples e popular da fé e das realidades do povo de Deus.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Pe. Queiróz, C.Ss.R., em Histórias de Vida

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.