Por Frei Rinaldo, osm Em Igreja

Animais domésticos: Cuidados e prevenção

Queridos leitores,

Deus os abençoe com toda sorte de bençãos físicas e espirituais.

Você tem algum animal em sua casa? Tem? Qual? Cachorro, gato, hamster, papagaio, outro?

Gato Foto: pixabay

Foto: Pixabay

 

Hoje em dia, muitos animais que viviam soltos na natureza já foram “domesticados” e fazem parte da vida do dia a dia de muitas famílias. Eles são lindos, fofos, ótimas companhias, fiéis “amigos”, ajudam proteger a casa e seus donos, etc. Porém, este convívio tem que ser saudável tanto para o animal como (principalmente) para o seu “dono”. Alguns cuidados são fundamentais:

1) Visita ao veterinário: os animais transmitem doenças, por isso é essencial estar em dias com as vacinações.

2) Higienização (tosa dos pêlos): pêlos grandes podem esconder pequenos parasitas (carrapatos, pulgas, etc)

3) Banho: de preferência uma vez por semana

4) Dentes: hoje o Mercado oferece escovas e creme dental próprios para animais.

5) Alimentação: deve ser adequada conforme o tipo de animal que se tem. É importante que eles tenham um vasilhame próprio para suas refeições. Evitar colocar comida para os animais em louças próprias para os humanos (potes para suas rações)

6) Limpeza do ambiente onde ele está: os animais soltam pêlos que ficam espalhados pela casa (tapetes, sofá, etc), portanto limpar bem esses ambientes.

7) Tem um “banheirinho” só para eles: “ensiná-los” a terem um local apropriado para suas “necessidades fisiológicas” (fezes e urina)

8) Evitar o Stress do animal: eles podem reagir com mordidas e agressões.

9) Abrigo na casa: é verdade que muitos convivem à soltas no interior da casa, porém, é importante que eles tenham a sua própria “casinha”.

Foto de: pixabay.com

cachorro - Foto: pixabay

Saúde e fé: Cuidados com animais domésticos são fundamentais.

Muitas das doenças transmitidas pelos animais acontecem através dos contatos diretos ou através de suas fezes e urinas. As principais doenças são:

a) Transmitidas pelo cão:

- Alergias, sarnas, micoses, pulgas, coceiras, raiva

b) Transmitidas pelo gato:

- Toxoplasmose (infecção pela ingestão de alimentos contaminados)

c) Transmitidas por pássaros:

- Bactérias (salmonella / Escherichia coli) através das fezes que provocam diarréias e vômitos nas pessoas.

d) Transmitidas pele Hamster (roedores)

- Vermes ou virus, leptospirose

e) Transmitidas por animais de fazenda (porcos, vacas, ovelhas, coelhos…)

- Brucelose (infecção que causa febre alta, dor de cabeça e dores musculares)

Creio que como regra geral é ter a consciência que eles são importantes para um bom convívio, companhia, etc. Eles transmitem carinho e querem afeto. Tendo os cuidados necessários acima descritos...a convivência com eles será sempre saudável e segura.

Deus abençoe a todos.

Com carinho e bênçãos,

Assinatura Frei Rinaldo ATUALIZADA colunista

Escrito por
Assinatura pequena Frei Rinaldo Colunista.png
Frei Rinaldo, osm

Frei Rinaldo, osm

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Polyana Gonzaga, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.