Por Redação A12 Em Igreja

Arquidiocese de Curitiba promove encontro contra a intolerância

A Arquidiocese de Curitiba promoverá no dia 27 de junho, um momento de oração, meditação e união contra a intolerância na política, entre religiosos e contra refugiados e migrantes. O evento acontece na Catedral Basílica de Curitiba, às 19h30, e reunirá representantes de partidos políticos e líderanças de diversas religiões e entidades voltadas para a questão da migração. 

Vigília pela paz

"O objetivo é transmitir à sociedade uma mensagem de que é possível dialogar pela Paz, mesmo em tempos em que a intolerância parece cada vez mais presente em questões políticas, religiosas e sociais", informa a nota da arquidiocese. 

A Vigília pela Paz será realizada na capital paranaense tendo como inspiração os 30 anos da iniciativa do Santo Papa João Paulo II que em outubro de 1986 reuniu líderes religiosos mundiais para orar pela Paz. Na época, a “Jornada Mundial Inter-Religiosa de Oração pela Paz” ocorrida em Assis, na Itália, foi um convite para o diálogo e o respeito contra as ameaças veladas da Guerra Fria, em que se aumentavam os arsenais atômicos. Naquela ocasião, o Papa afirmou que “o congregar de tantos dirigentes religiosos a orar é em si um convite ao mundo para se dar conta de que existe uma outra dimensão da Paz”.

Ainda segundo a nota, a motivação para a reunião de líderes políticos e religiosos em Curitiba é diferente da proposta em 1986, apesar da mensagem da paz ser a mesma. "Hoje não se fala em Guerra Fria, mas há um acirramento de debates políticos, religiosos e sociais, que têm apontado para um aumento cada vez maior da intolerância". 

Para o Arcebispo de Curitiba, Dom José Antônio Peruzzo, a humanidade passa por um "momento difícil da história" devido à crise econômica. "O pluralismo de pensamentos e ideologias já não encontram espaços em nosso meio e cresce a intolerância generalizada em todos os ambientes, chegando às vias da violência verbal e física. Por isso decidimos unir forças: religiões, partidos políticos, povos. Juntos desejamos rezar, orar, meditar e dialogar pela paz", enfatiza Dom Peruzzo. 

Ao longo do ano, a Arquidiocese de Curitiba pretende promover outros momentos de diálogo como este. A Vigília pela Paz será presidida por Dom Peruzzo e aberta para a população.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.