Por Redação A12 Em Igreja

Arquidiocese de Salvador (BA) prepara tríduo da Festa da Aliança do Amor do Movimento Schoenstatt

Schoenstatt

O Movimento Apostólico de Schoenstatt celebra neste mês de outubro a Festa da Aliança de Amor em diversas cidades e dioceses do Brasil. Na Arquidiocese de Salvador (BA), o tríduo preparatório acontece nos dias 15 e 16, às 19h30, e dia 17, às 16h, no Santuário Mãe Rainha Três Vezes Admirável de Schoenstatt. A cada noite haverá a reflexão sobre um tema específico.

No dia da festa (18) a programação contará com uma alvorada às 7h e com a recitação do terço às 8h. A partir das 9h acontecerá um momento de louvor e a apresentação de um clipe sobre o centenário (Impulsos para o início do novo século de Schoenstatt).

Já às 11h será celebrada a Missa festiva. Em seguida, por volta das 12h30, haverá um almoço para os fiéis e peregrinos. A programação continua com a recitação do terço às 14h e com a adoração ao Santíssimo Sacramento, às 15h. A partir das 16h os fiéis participarão de mais uma Missa festiva.

Localizado na Estrada do Curralinho (Stiep), o Santuário Mãe Rainha Três Vezes Admirável de Schoenstatt recebe, mensalmente, cerca de 1.500 pessoas.

Um pouco de história
Fundado pelo padre Josef Kentenich, em Schoenstatt (Alemanha), no dia 18 de outubro de 1914, o Movimento Apostólico de Schonstatt tem como firme propósito contribuir com a renovação religiosa e moral do mundo em Cristo, por meio da intercessão de Nossa Senhora.

A ideia do movimento nasceu a partir de uma capelinha que se encontrava abandonada em um antigo cemitério, lugar conhecido pelas peregrinações. Ao visitar o local junto com alguns seminaristas, padre Kentenich afirmou: “Não seria possível que a Capelinha de nossa Congregação se tornasse o nosso Tabor, no qual se manifestem as magnificências de Maria? (…). Todos que aqui chegarem para rezar, terão que experimentar as magnificências de Maria e aí confessar: Aqui é bom estar!”.

Ao longo dos anos, o movimento difundiu-se em mais de 110 países. Atualmente, existem mais de 200 centros de Schoenstatt, com o próprio santuário – cópia fiel do primeiro Santuário. O movimento acompanha e forma espiritualmente milhares de pessoas, especialmente através da Campanha da Mãe Peregrina, que teve início no Brasil em 1950, e leva aos lares brasileiros uma capelinha com a imagem da Mãe Rainha Três Vezes Admirável de Schoenstatt. Por meio desta iniciativa, famílias inteiras entram em contato com uma pastoral missionária.

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.