Por Redação A12 Em Igreja

Campanha da Fraternidade motiva "Coleta do Bem" em Olímpia (SP)

As cidades brasileiras produzem cerca de 150 mil toneladas de lixo por dia. Desse montante 17% é destinado aos lixões e menos da metade é descartado de forma adequada. Para tentar diminuir o impacto ambiental do lixo doméstico uma comunidade da Diocese de Barretos iniciou a campanha "Coleta do Bem" que tem como iniciativa a coleta seletiva de resíduos.

paroquia_olimpia_campanhabem

A iniciativa surgiu a partir da Campanha da Fraternidade desse ano cujo enfoque é o saneamento básico. Com o convite ao cuidado da "Casa Comum" a Paróquia São José localizada na cidade de Olímpia resolveu realizar esse projeto em parceria com a Daemo Ambiental. A "Coleta do Bem" inicialmente será promovida durante toda a Quaresma; tempo em que a Igreja no Brasil propõe a campanha temática.

Para integrar as comunidades e os fiéis sobre a preocupação da Campanha, a paróquia organizou espaços onde é possível fazer o descarte de resíduos como metais, plásticos, eletrônicos e óleo de cozinha usado. Os materiais poderão ser levados nas comunidades antes e depois das atividades (celebrações, missas, catequese entre outras).

“Com alegria, abraçamos, neste período tão importante para os cristãos a Campanha da Fraternidade. A parceria com a Daemo Ambiental tem, acima de tudo, propósito educativo. Através de iniciativas simples e de fácil execução todos podem colaborar no cuidado da Casa Comum, o planeta terra, que recebemos, com presente de Deus”, afirmou o pároco, padre Ivanaldo Mendonça em nota no site da diocese. 

campanha-fraternidade-2016O que diz a Campanha da Fraternidade? 

"A redução da produção de lixo é um dos primeiros objetivos da nossa contribuição ao saneamento básico. Diminuir o volume de lixo é um hábito cada vez mais urgente  e o processo começa com as escolhas que cada um faz. Planejar as compras, usar sacolas retornáveis, evitar as embalagens descartáveis, escolher produtos com menos embalagem, comprar produtos não descartáveis, substituir os copos descartáveis, cozinhar somente o que será consumido, dentre outras medidas, evita o desperdício e reduz a geraçao de resíduos. Todas as pessoas sabem que quando jogamos algo fora, simplesmente o depositamos em outro lugar". (Manual da CFE-2016, nº 91) 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.