Por Redação A12 Em Igreja

Catedral de Curitiba prepara festa de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais

Foto de: Arquivo da Catedral

Catedral Basílica de Curitiba

Catedral Basílica de Curitiba, no Paraná.

A Catedral Basílica de Curitiba, no Estado do Paraná, preparou uma intensa programação religiosa para comemorar o dia da padroeira de Curitiba e da Arquidiocese, Nossa Senhora da Luz dos Pinhais. Em preparação ao evento, será realizado um tríduo de 5 a 7 de setembro. Para marcar a data, também será realizada a já tradicional Festa da Luz.

No primeiro dia do tríduo, no dia 5 de setembro, a programação terá início às 10h30, com as Laudes. Em seguida, às 11h, ocorrerá a devoção do primeiro sábado do Imaculado Coração de Maria. Às 12h e às 15h, serão realizadas duas Celebrações Eucarísticas.

Já no domingo, dia 6, em que se comemora o aniversário da Dedicação da igreja (106 anos) e o aniversário da Dedicação do altar e da inauguração das obras da restauração 2010-2012 (3 anos), a oração da manhã se dará às 8h. Em seguida, às 8h30 e às 10h, acontecerão duas missas. Na sequencia, às 15h, será recitado o terço de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais. Às 17h30, ocorrerá a oração da tarde. O encerramento das atividades do dia se dará às 18h, com a Santa Missa.

No terceiro dia de tríduo, no dia 7, em que se celebra a inauguração da Igreja (122 anos), as Laudes serão rezadas às 11h30. Ao meio dia, haverá uma Celebração Eucarística. O terço da padroeira será realizado às 15h. Por sua vez, a oração da tarde acontecerá às 17h30, seguida da Santa Missa, às 18h.

No dia da solenidade de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, no dia 8 de setembro, a programação será a seguinte: 8h, Laudes; 8h30, 10h, 12h e 15h, Celebrações Eucarísticas; 16h, terço de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, no Santuário Nossa Senhora de Guadalupe; 17h, procissão saindo do Santuário de Guadalupe rumo à Catedral Basílica; 17h, oração da tarde na Catedral; 18h, Santa Missa, com consagração da Arquidiocese a Nossa Senhora da Luz dos Pinhais.

Com relação a Festa da Luz, que todos os anos marca o dia de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, a Arquidiocese de Curitiba e a prefeitura municipal da cidade planejam uma intensa programação cultural para toda a família, no Largo da Ordem, no Centro da capital paranaense. Mais de 20 mil pessoas são esperadas para esta 5ª edição do evento, que tem também como objetivo estimular a cultura da paz e promover em ações culturais, de educação, meio ambiente e segurança pública.

Segundo a coordenação do evento, o nome da festa decorre do fato da cidade de Curitiba ser dedicada a Nossa Senhora da Luz, também invocada sob o nome de Nossa Senhora da Candelária ou ainda Nossa Senhora da Purificação.

História de Nossa Senhora da Luz

A cidade de Curitiba se iniciou em torno de uma capela, onde a Mãe da Luz era venerada pelos seus inúmeros milagres. Conta a história que na segunda metade do século XVII foi encontrada uma pequena povoação no sítio dos Pinhais, onde em 1659 seria fundada a Vila de Nossa Senhora da Luz, onde os penetradores do sertão ergueram uma ermida à Senhora da Luz. Com o passar do tempo notaram que a imagem da Virgem tinha sempre os olhos voltados para os campos aos quais os índios chamavam de Curitiba (Pinhais).

Aquela região era dominada pelos caingangues. Tal foi a insistência da Virgem, que os sertanejos resolveram sondar a possibilidade da conquista do sítio. Armados como para uma guerra seguiram para a esplanada dominada pelos bárbaros caingangues, prontos para o combate. Em vez da luta, prevista como certa, o que ocorreu foi a acolhida generosa e cordial. Os arcos foram jogados no chão em sinal de paz e a cuia de mate, símbolo da hospitalidade, foi oferecida ao chefe índio, rodando depois pelos guerreiros brancos.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.