Por Marília Ribeiro Em Igreja

Comungar Jesus é partilhar e reviver a última ceia do Senhor nos dias de hoje

Comungar Jesus é partilhar e reviver a última ceia do Senhor

É muito comum às pessoas participarem de celebrações de adoração ao Santíssimo Sacramento, e é de costume que isso aconteça em uma quinta-feira, considerado o dia da devoção ao Santíssimo Sacramento.  No entanto, a prática de adorar não pode substituir a relevância da Eucaristia que é uma relação profunda estabelecida, no momento da comunhão, com Jesus. O missionário redentorista padre José Ulysses da Silva explicou em entrevista ao portal A12.com que é importante as pessoas terem consciência de fé, que a palavra Santíssimo se refere a Jesus ressuscitado e que é através da Eucaristia que elas entram em contato com a pessoa de Jesus. O sacerdote reforça ainda que é necessário estar atento ao gesto de Jesus e a suas palavras, proferidas na última ceia.




Padre Ulysses destaca que a adoração ao Santíssimo não tem sentido fora da celebração, pois Jesus pede que nós façamos, em memória dele, a celebração da última ceia.




O missionário redentorista afirma que Jesus precisa que entremos em comunhão com as ideias dele, palavras, vida e coloca que Jesus nos diria: menos adoração e mais compromisso com o projeto do reino de Deus.

 

 

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Marília Ribeiro, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.