Por Redação A12 Em Igreja

Dom Odilo pede solidariedade diante da morte de moradores de rua

A Arquidiocese de São Paulo expressou por meio de nota assinada pelo Cardeal Odilo Scherer, Arcebispo de São Paulo e padre Júlio Lancelotti, vigário para a População de Rua "profunda tristeza e preocupação" pela morte de quatro moradores de rua, em São Paulo (SP). Até o momento, duas mortes tinham sido confirmadas pela Secretaria de Segurança Pública, as outras duas mortes foram registradas pela arquidiocese. 

 

"A maior riqueza da cidade são as pessoas sensíveis e solidárias diante dos sofrimentos do próximo", destaca Dom Odilo e Padre Júlio.

"A Arquidiocese de São Paulo expressa profunda tristeza e preocupação pelos quatro moradores de rua, que morreram nas noites da semana em que a cidade de São Paulo enfrentou uma forte onda de frio: João Carlos Rodrigues, de 55 anos, foi encontrado perto da estação Belém do metrô; Adilson Justino, na Avenida Paulista; outras duas pessoas ainda não identificadas, na área do bairro de Santana. Tudo leva a crer que a causa próxima da morte deles foi o frio", indicam. 

A nota lembra que a Igreja Católica celebra neste ano o Jubileu da Misericórdia e por isso chama a atenção de todos os cidadãos, paróquias, comunidades e instituições religiosas para o comprometimento diante da triste realidade que atinge tantos moradores de rua nessa época do ano. Dom Odilo e Padre Júlio enfatizam também a responsabilidade dos Poderes Públicos na realização de "ações emergenciais de socorro aos moradores de rua durante os dias frios" e para que "se promovam políticas estáveis e permanentes para assegurar a dignidade dessas pessoas". 

"O 'problema dos pobres' desafia toda a cidade de São Paulo a se mostrar acolhedora e sensível diante das necessidades do próximo. Mais do que seu patrimônio e riqueza material, vale cada ser humano, que nela habita e precisa ser acolhido e amparado. A maior riqueza da cidade são as pessoas sensíveis e solidárias diante dos sofrimentos do próximo. Elas humanizam a vida da cidade. Lembremos sempre as palavras de Jesus: tudo o que fizestes ao menor dos meus irmãos, foi a mim que o fizestes", enfatizam. 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.